Aberto de Brasília reúne 12 dos 13 primeiros do ranking brasileiro, de sexta a domingo

20/04/2017

Herik Machado, o nº 1, busca segundo título consecutivo, assim como Lauren Grinberg, no feminino

herik-machado-no-12
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page

 

Herik, número 1 do Brasil e disparado o melhor brasileiro do ranking mundial amador, entra em campo como favorito para vencer pela segunda semana consecutiva

por: Ricardo Fonseca

Com exceção do carioca Daniel Kenji Ishii, o terceiro do ranking, que está defendendo seu título no Torneio Internacional de Amadores do Lima GC, esta semana, no Peru, onde joga ao lado do gaúcho Rohan Boettcher, todo os 13 primeiros colocados do ranking brasileiro amador disputam de sexta a domingo, 21 a 23 de abril, o 34º Campeonato Aberto de Brasília, no Clube de Golfe de Brasília, no Distrito Federal. No feminino, quatro Top 10 estarão em campo.

O torneio vale para o ranking mundial amador masculino, mas, no feminino, poderá não deverá valer. A partir desde ano, a exigência do mínimo de jogadoras para um torneio valer para o ranking mundial caiu de dez para oito. Mesmo torneios com oito ou mais em campo, como no Aberto de Curitiba, na última semana, podem não valer, dependendo de outros critérios, como índice técnico. O Aberto de Curitiba valeu para o ranking mundial apenas no masculino. Em 2016, o Aberto de Brasília não valeu para o ranking mundial no feminino.

Liderança – O gaúcho Herik Machado busca seu segundo título consecutivo, depois de vencer o Aberto de Curitiba, na última semana. Aquela vitória fez Herik subir seis posições no ranking mundial amador, onde é hoje o 194º do mundo e disparado o melhor brasileiro. Kenji, que não joga aqui esta semana, é o outro único Top 1000 do Brasil, na 580º colocação, depois de ser vice em Curitiba e ganhar oito posições. O terceiro melhor brasileiro é o paulista Pedro Nagayama, que mesmo ficando em sexto lugar na semana passada, perdeu 29 posições e hoje é o 1162º do mundo.

Dos dez melhores brasileiros do ranking mundial de golfe jogam ainda o paulista Marcos Negrini, os gaúchos Sandro Goncalves e Matheus Balestrin, e o fluminense Cristian Barcelos, vice em 2016 (o campeão, Gustavo Chunag, não foi defender o título). Outro destaque é Jinbo Há, coreano radicado em São Paulo, que estabeleceu o recorde do campo recém-remodelado do Graciosa, na última semana, ao jogar 63 (-8). Terminou em terceiro.

Feminino – Na feminino, Lauren Grinberg, juvenil e amadora número 1 do Brasil, também busca sua segunda vitória consecutiva, enfrentando Roberta Moretti Avery, de Minas, a número 3. Também competem Sophia Ohf Campos, do Paraná, sexta do ranking, e Laura Caetano, nona do ranking, além de sua gêmea Luiza Caetano, que sempre estão entre as favoritas, sobretudo jogando em casa. Ana Beatriz Cordeio, a númro 2 e campeã em 2017, não vai defender o título.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • comandatuba-aerea-divulgacao

    Turismo

    Golf Travel comemora prêmio Top 10 com pacotes a preços incríveis para Comandatuba

  • podio feminino

    Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados