Aberto do CCSP – Faber Castell: Marcos Negrini vence duelo contra Thomas Choi

06/06/2022

Lauren Grinberg é campeã no feminino e Gabi Arantes tira vice de Manu Barcellos

Marcos Negrini e Lauren Grinberg com os troféus de campeões do Aberto do Clube de Campo. Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

Depois de Thomas Choi, do São Paulo fazer um birdie da banca do 17 para ameaçar seu título, Marcos Negrini, do Damha, reagiu com um birdie no 18 para ser o campeão do 52º Aberto Masculino do Clube de Campo de São Paulo – Faber Castell, válido para o ranking mundial amador de golfe (WAGR), encerrado neste domingo, 5 de junho, no campo às margens da Represa de Guarapiranga, na Zona Sul da capital paulista. No feminino, Lauren Grinberg, do Lago Azul, foi campeã, aproveitando o colapso de Manu Barcellos, líder da véspera, que ainda perdeu o segundo lugar para Gabi Arantes, do São Fernando.

Veja as fotos da premiação
Aguarde, neste mesmo link, álbum de fotos completo

Negrini, que venceu seu segundo torneio do WAGR desde que voltou ao golfe amador, em março, só assumiu a ponta no segundo dia, quando jogou 70, uma abaixo do par e melhor volta do torneio. O jogador do Damha começou a volta final vencendo por duas e duelou o dia todo contra Choi, que joga nos EUA e está de férias no Brasil. Choi chegou a dividir a liderança depois de fazer birdie no 9 e jogar o par de ida, contra duas acima de Negrini.

Vitória – Mas Negrini reagiu na segunda metade do campo ao fazer birdies no 12 e no 14, enquanto Choi fazia bogeys no 11 e no 12, e birdies no 13 e no 14, para voltar a ficar duas atrás. No 17, um par 4 curto, em descida, Choi foi com a segunda para a banca da direita, mas embocou de lá para colocar pressão em Negrini, que errou o green e salvou o par. A decisão ficou para o 18, de par 5, onde o drive de Choi saiu muito à direita e de lá, ao tentar jogar para o green, acertou uma árvore, com a bola caindo logo adiante, grudada num formigueiro.

Choi dropou sem penalidade de deu um tiro perfeito para o green, ficando dois metros da bandeira, para birdie. Negrini foi com a segunda para a entrada do green de onde viu seu primeiro putt passar o buraco e parar três metros à esquerda da bandeira. De lá, jogou primeiro e embocou o putt para birdie, dando início à comemoração do título, enquanto Choi terminava apenas com o par para ser vice-campeão duas atrás. Ambos jogaram 70 (-1) no domingo, igualando a melhor volta do torneio. Negrini venceu com 215 (75-70-70), duas acima, contra 217 (72-75-70), quatro acima de Choi, que foi o recordista com 11 birdies na semana.

LAAC e Los Andes – “Essa vitória foi muito importante para mim pois me mantém no caminho para meu objetivo de garantir uma vaga para o LAAC”, diz Negrini. Para o Latin America Amateur Championship, que dá vaga para o Masters, jogarão, em janeiro, em Porto Rico, os cinco brasileiros mais bem colocados do ranking mundial até o final do ano. “Infelizmente por causa do trabalho não tenho conseguido jogar todos os torneios de três dias válidos para o WAGR, mas vou lutar até o fim para estar na equipe”.

Já para a Los Andes, o Sul-Americano de Golfe por Equipes, Negrini só jogará se vencer o Amador do Brasil, em julho, ou se merecer uma das duas escolhas técnicas, uma vez que ele está distante da meta de ser, até outubro, o número 1 do Brasil ou o melhor brasileiro do WAGR, os demais critério de convocação para a equipe de cinco brasileiros que jogará no Porto Alegre Country Club, em novembro.

Destaques – Outro destaque do torneio foi o juvenil Guilherme Ziccardi, do Clube de Campo, que jogou o par na volta final para ainda para ainda ser o terceiro colocado, com 221 (75-75-71) tacadas. Com isso, derrubou Gui, que começou o dia em terceiro, jogando no pelotão, para o quarto lugar. Gui jogou duas acima de ida e precisou fazer birdies nos dois buracos finais para terminar com 222 (72-76-74) tacadas.

Outra boa recuperação de domingo foi a do paranaense Victor André dos Santos, do Alphaville, que melhorou de resultado a cada dia e igualou a melhor volta do campeonato para terminar em quinto, com 224 (78-76-70), depois de ser o segundo jogador que mais fez birdies na semana – 10 – mesma marca de Negrini. Ele dividiu a posição com Guilherme Cândido, capitão do Clube de Campo, que foi líder do primeiro dia e terminou com 224 (72-77-75) tacadas.

Handicaps – Na classificação por handicaps índex até 8,5, só deu Clube de Campo no pódio. Alberto Osorio foi o campeão com 213 (72-70-71) tacadas, o par do campo, seguido por Guilherme Ziccardi, vice-campeão com 215 (73-73-69), e por Luiz Felipe Pereira de Almeida, terceiro colocado com 227 (76-73-78). A seguir, empatados em quarto, com 228, terminaram Fernando Silva (79-74-75), do Campinas Golf Center, e Pedro Pelicioni (80-73-75), do Ipê Golf Club de Ribeirão Preto.

Na 8,6 a 14 , que jogou apenas em 36 buracos, no final de semana, mais um título para o Clube de Campo, com Ramon Guzman campeão com 141 (68-73) tacadas; Benedito Souza, do Riacho Grande, foi o vice-campeão com 146 (73-73), enquanto Raul Campos, do Club Athletico Paulistano, levava o troféu de terceiro lugar com 153 (80-73), ao superar Jaime Chung, do Guarapiranga (73-80) nos critérios de desempate, EM quinto, com 155, terminaram Eduardo Firmino (78-77), do Campinas Golf Center, e Peer Buergin (77-8), do Clube de Campo.

Feminino – Entre as mulheres, que estrearam jogando seu 25º Aberto do Clube de Campo, ao lado dos homens, em 36 buracos, valendo para os rankings da FPGolfe, Manu Barcellos, do Quinta da Baroneza, estreou com a melhor volta do torneio, mas piorou nove tacadas no segundo dia, e terminou apenas em terceiro, com 165 (78-87). A campeã, de virada, foi Lauren Grinberg, do Lago Azul, que somou 163 (80-83). Gabi Arantes, do São Fernando, também somou 165 (81-84), mas foi a vice-campeã nos critérios de desempate. Dani Arantes, do São Fernando, terminou em quarto, com 169 (86-83), seguida por Vivi Golombek, do Clube de Campo, com 170 (83-87).

Na classificação por índex até 16, 1, dobradinha do Clube de Campo, com Stephanie Egger campeã com 147 (72-75), e Vivi vice, com 152 (74-78). O troféu de terceiro lugar foi para Kyoung Kim, do Clube de Golfe de Campinas, com 154 (76-78). E na 16,1 a 25,7 venceu Joelma Rodrigues, do Riacho Grande, com 156, seguida por Wilma Tavares, do Arujá, com 159 (76-83), e Silvia Renata de Campos, do Terra Selvagem (MG), com 161 (81-80), terceira colocada no desempate contra duas jogadoras do Clube de Campo: Alessandra Araújo (80-81), e Beatriz de Almeida (76-85).

Handicaps Altos – O Aberto do Clube de Campo – Faber Castell terá uma segunda etapa, no próximo final de semana, 11 e 12 de agosto, quando jogam as categorias masculinas de 14,1 a 19, 4; de 19,5 a 25,7 e de 25,8 a 32, e a feminina de 25,8 a 32. Com isso, o evento deverá reunir cerca de 200 jogadores no total. Para 2023 o sistema de duas etapas deve se repetir, mas com as mulheres scratches jogando três dias para valer para o WAGR, como os homens.

Mauro Batista, Diretor do torneio, apresentou a entrega de prêmios que teve a mesa formada ainda por Francisco Della Manna, presidente do Clube de Campo; Augusto Cândido, Diretor do Departamento de Golfe; Osmar da Costa Sobrinho, presidente da Confederação Brasileira de Golfe; Ademir Mazon, presidente da Federação Paulista de Golfe; Roberto Lima, diretor do Clube de Campo; Maria Helena, diretora Social e de Esportes; Guilherme Cândido, capitão, e Vivi Golombek, representante da capitã.

Patrocínio – O 52º Aberto Masculino e 25º Aberto Feminino do Clube de Campo de São Paulo tiveram patrocínio master da Faber Castell, e apoios e parcerias de Limpidus, Paulo Novak, Smart Hair, Ricardo Eletro, Octo, Accor Hotels, Elektra, Dom de Receber, Adidas, Johnnie Walker, e Casa do Golfe – Equipamentos. O torneio teve supervisão da Federação Paulista de Golfe, Confederação Brasileira de Golfe e do Ranking Mundial Amador de Golfe.

Resultados finais

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Aproveite o acordo entre a Pousada Travel Inn Trancoso e o Terravista Golf Course

  • Golfe 2016

    Jogos de Tóquio: Nelly Korda leva susto, mas vence por uma e dá aos EUA seu segundo ouro no golfe


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados