Aberto do Guarapiranga reúne, sábado e domingo, 130 jogadores de 26 clubes paulistas

19/07/2019

Joakim Thrane e Raquel Shin defendem título enfrentando alguns dos melhores do país

O 48º Campeonato Aberto Masculino e Feminino de Golfe do Guarapiranga Golf & Country Club  será disputado neste final de semana, 20 e 21 de julho, por 130 jogadores de 26 clubes paulistas, incluindo 19 mulheres, números que mostram a importância do clube e de seu principal torneio, que está entre os mais antigos e concorridos do golfe brasileiro. A competição, que mais uma vez tem patrocínio da Gocil Segurança e Serviços, a maior empresa do mercado brasileiro de terceirização de segurança, limpeza e facilities, será válida para os rankings paulistas, masculino e feminino, scratch e por handicap índex.

Joakim Thrane, do Clube de Campo, que está de mudança, com toda a família, para os EUA, e Raquel Shin, que joga em casa, entram em campo para defender os títulos ganhos em 2018, mas não terão tarefa fácil. Thrane venceu também em 2014. No masculino, entre os favoritos ao título estão Thomas Choi, do São Paulo GC, número 6 do ranking nacional e terceiro melhor juvenil do país; Pedro Marchioni, do São Paulo; Natanael Yoo, o melhor jogador da casa; a família Song, com o pai, Renato, e os irmãos Dylan e Nick, do São Fernando; e os dois filhos de Joakim, Sebastian e Stefano.

Feminino – No feminino, onde Raquel Shin tenta o tricampeonato, o destaque é Lauren Grinberg, que mora nos EUA, joga na NCAA pela Barry University, mas que no Brasil defende o Lago Azul, por onde sempre jogou. Lauren é número 2 do ranking nacional e melhor brasileira do ranking mundial amador de golfe. De férias no Brasil, Lauren vem de vitórias na ANA Cup – Feminino do PL, na Faldo Series e no Campeonato Bandeirantes, além de ter sido a segunda melhor brasileira do Amador do Brasil, no Campo Olímpico.

Mirian Yokota e Helena Miyaguti, do Arujá, Julia Vilas Boas, filiada à FPG, e Daisy Chang In In e Martha He Hwang, que jogam em casa, são outros destaques. Walkiria Thrane, mulher e Joakim e mãe de Sebastian e Stefano, joga entre as de handicap mais altos, fazendo desta a família mais numerosa do evento, seguida pelos três Song, do São Fernando.

Mais destaques – Outros destaques da categoria masculina de handicaps mais baixos, que também disputam o título com índex até 8,5, são Lucas Steinhoff, do São Paulo; Renato de Arruda Filho, do Guarujá; Rogério Cardoso, do Damha; Mario Ghisalberti, do Japy; Sergio Olearo, do Terras de São José; Armando Lowndes e José Edson da Silva, do Ibiúna; Eduardo Young Han, do Arujá; Arnaldo Pfaff, do Paradise e um forte grupo do Guarapiranga, com Lyn Ahn, campeão do torneio em 2011, Daniel Song, Yong Ho Park e Sergio Aparecido da Costa.

Horários de saída

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados