Aberto do Rio marca retornos da paulista Lauren Grinberg e do gaúcho Andrey Xavier

18/08/2021

49ª edição da competição será jogada de sexta a domingo, no Campo Olímpico de Golfe

Campo Olímpico de Golfe: desafio para os melhores golfistas do Brasil

por | Ricardo Fonseca

O 49º Aberto do Estado do Rio de Janeiro, que será jogado de sexta-feira a domingo, 20 a 22 de agosto, no Campo Olímpico de Golfe, do Rio de Janeiro (RJ), marcará a estreia – e despedida – de Lauren Grinberg, que joga seu primeiro torneio do ano e já está de malas prontas para voltar aos EUA, onde defende a Barry University, de Miami, e Andrey Xavier, o brasileiro mais bem colocado no WAGR, que também estreia na temporada brasileira. A competição em 54 buracos, que reúne homens com handicap índex até 22,1 e mulheres até 16, vale ainda para o ranking nacional e para os rankings estaduais.

Lauren, que ficou no Brasil durante a pandemia, embarca na próxima semana para os EUA, onde volta às aulas presenciais e aos torneios da NCAA. Após um longo período sem competições e se recuperando de uma séria lesão, Lauren aparece apenas em sexto lugar no ranking nacional, com  dois torneios jogados no período, e é a terceira melhor do país no WAGR, onde não disputa competições oficiais há mais de 17 meses. Suas principais adversárias no Rio serão Marina Nonaka, do Arujá, a número 1 do ranking nacional, e Martina Collares, do Porto Alegre Country Club, a terceira da lista. O torneio feminino terá oito jogadoras, o número mínimo para valer para o OWGR.

Masculino – Entre os homens, cinco dos sete primeiros do ranking nacional estarão em campo. As principais ausências serão a de Thomas Choi, o número 1, e Gui Grinberg, o quarto da lista, que viajaram recentemente para os EUA para iniciar suas carreiras nos circuitos colegial e universitário. Além de Andrey, o número 2, do Santa Maria (RS), que não jogou no Bandeirantes, em julho, a primeira competição do ranking nacional e mundial em 16 meses, estarão em campo os irmãos Matheus (3º do ranking brasileiro) e Luca Park (5º), do Paradise; Arthur Locoman (6º), do Curitibano; e Breno Domingos (7º), de Japeri. Andrey defende o título que conquistou no último Aberto do RJ, em 2019, no Itanhangá.

Outros destaques entre os jogadores de handicap índex até 8,5 são Homero de Toledo, do Alphaville; Thor Salen e Bruno Meyer Sá, do Itanhangá; Bernardo Willemsens, do Gávea; Deivid de Oliveira, da FGERJ, Glauco Righi, do Santa Maria; Felipe Hasson, do Graciosa; Humberto Rodrigues, do Campo Olímpico; Leonardo Dale, do São Fernando; Marcos Park, do Paradise; e Wesley Gabriel Bairros, do Porto Alegre Country Club, entre outros.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Aproveite o acordo entre a Pousada Travel Inn Trancoso e o Terravista Golf Course

  • Golfe 2016

    Jogos de Tóquio: Nelly Korda leva susto, mas vence por uma e dá aos EUA seu segundo ouro no golfe


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados