Aberto do São Paulo: Pedro Nagayama conquista seu terceiro título seguido em torneios do ranking mundial

26/11/2018

Marcelo Gullo fez melhor resultado do domingo para tirar o vice-campeonato de Jinbo Há

Toninho Abdalla, Pedro Nagayama, Marcelo Gullo e Sergio Magalhães. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

Pedro Nagayama, do São Fernando, continua a viver uma das melhores fases de sua carreira ao vencer o 74º Campeonato Aberto Amador Masculino do São Paulo Golf Club – 2018, patrocinado pelo Bradesco Private Bank, encerrado neste domingo, 23 de novembro, em São Paulo (SP), valendo pontos para o Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR). Esse foi o terceiro título consecutivo de Nagayama em torneios do WAGR, depois de ter conquistado o Aberto do São Fernando e o Aberto do Arujá.

Veja o álbum completo do evento, com mais de 400 fotos

  Pódios das categorias até 8,5; de 8,6 a 14; e de 14,1 a 19,4

Com esses resultados, Nagayama consolida-se como o número 1 do ranking da Federação Paulista de Golfe (FPG), com o dobro de pontos do segundo colocado. O jogador do São Fernando, que antes dessas três vitórias havia sido vice-campeão do Aberto Estado São Paulo, anima-se agora a disputar, em janeiro de 2019, a seletiva para o PGA Tour Latinoamérica, o maior circuito profissional do continente.

Vitória – Nagayama começou a volta final empatado em primeiro com Rodrigo Lacerda Soares Filho, o Lilica, que foi um dos melhores golfistas do Brasil jogando pelo São Paulo GC e hoje mora na Suíça e que jogou o torneio com ferros emprestados. Lilica fez o par na primeira metade do campo, com dois birdies e dois bogeys, para abrir duas tacadas sobre Nagayama, que vinha com dois bogeys. Nagayama conseguiu igualar novamente o placar no buraco 10, quando fez birdie contra bogey do adversário.

O jogo virou definitivamente a partir do buraco 12, par 3 defendido por um grande lago, onde Lilica bateu o drive na água e não escapou de um duplo bogey. A partir daí Lilica passou a errar demais, subiu mais seis tacadas nos seis buracos finais, jogou 9 acima no dia e terminou apenas em quarto, com 223 (71-72-80) tacadas. O coreano Jinbo Há, do Terras de São José, que defendia o título ganho em 2017, foi líder do primeiro dia e começou a volta final perdendo por uma, também descarrilou depois de ter errado quase todas as tacadas iniciais do dia. Jogou sete acima, sua pior volta da semana, para terminar em terceiro, com 222 (68-76-78).

Título – Com seus dois parceiros do pelotão jogando mal, Nagayama caminhou tranquilo para a vitória. Apesar de dois bogeys nos três buracos finais, venceu com 216 (71-72-73) tacadas, três acima do par, mas não sem antes tomar um susto. Marcelo Gullo, do São Paulo, que jogava no grupo à sua frente, vinha fazendo o melhor resultado do dia e o segundo melhor da semana. Jogou duas abaixo nos nove buracos finais, com direito a birdie no 18 e foi líder na sede com 217 (74-73-70) tacadas, quatro acima, até a chegada de Nagayama. Gullo, que abriu a semana jogando quatro acima nos primeiros seis buracos, terminou o torneio jogando o par do campo nos 48 buracos seguintes.

Quando bateu o drive no buraco final, Nagayama já sabia o resultado de Gullo e que estava apenas com duas tacadas de vantagem. O único risco de perder o título seria mandar a tacada de aproximação para o grande lago que defende a direita do buraco e “abraça” a lateral do green. Pudente, Nagayama buscou o lado esquerdo e elevado do green, de onde deu três putts, o último deles apenas para empurrar a bola, para fazer bogey, ganhar por uma e comemorar o título.

Handicaps – Na classificação por handicaps índex até 8,5, o título ficou para Tito Mantovanini, do São Paulo, que somou 216 (68-77-71) tacadas, três acima. O juvenil Pedro Marchioni, também do São Paulo foi o vice-campeão, com 217 (73-72-72), e Fernando Vieira Dos Santos, do Ibiúna, completou o pódio ao terminar em terceiro, com 218 (76-72-70). Os juvenis Marcos Park, do Paradise, com 219 (73-73-73), e Rafael Benadiba, do São Fernando, com 220 (76-71-73), classificaram-se a seguir.

Na 8,6 a 14, mais um título para o São Paulo, conquistado de virada por Qintian Huang, com 213 (75-71-67) tacadas, o par do campo. Peer Buergin, do Clube de Campo, líder do primeiro dia, também somou 213 (65-75-73), mas ficou com o troféu de vice-campeão pelos critérios de desempate (jogou pior na rodada final). José Pires Dias, do São Paulo, completou o pódio com 215 (76-66-73). Mario Nagayama, do São Fernando, pai do campeão, ficou a uma tacada do pódio ao somar 216 (75-73-68) e empatar em quarto com Marcelo Semeoni, do Quinta da Baroneza, que fechou com 216 (74-70-72).

E na 14,1 a 19,4, mais uma vitória de virada, de Rinaldo Pirro Jr., do São Paulo, que terminou com 210 (68-76-66), três abaixo do par e melhor net agregado da semana. Mauricio Blanco, da Quinta da Baroneza, foi o vice-campeão, com 211 (68-72-71) tacadas, seguido por Marco Forte, da Fazenda São João da Boa Vista, terceiro colocado com 214 (73-72-69). A seguir terminaram os líderes do primeiro dia: Kiko Salomão, do São Paulo, com 217 (65-77-75), e Carlos Fonseca, da Quinta da Baroneza, com 218 (65-76-77).

Premiação – Roberto Mangabeira, gerente de golfe do clube, apresentou a premiação que teve a mesa composta por Toninho Abdalla, presidente do São Paulo; Gustavo Vicenzotto Filho, capitão de golfe do clube; Marcelo Gullo, vice-capitão; e por Sergio Magalhães e Guilherme Leal, do Bradesco Private Bank, o patrocinador Master do torneio e de outros importantes eventos do golfe nacional, como o Brasil Kids Golf Tour.

O 74º Campeonato Aberto Amador Masculino do São Paulo Golf Club – 2018 teve patrocínio do Bradesco Private Bank, organização da Federação Paulista de Golfe e supervisão da Confederação Brasileira de Golfe e do World Amateur Golf Ranking (WAGR). A realização foi do São Paulo Golf Club.

Resultados completos 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados