Amador do Brasil: Domingo pode ser dia de Brasil x Argentina no Campo Olímpico

03/07/2019

Biondi e Andrey tentam impedir tetracampeonato argentino na Taça Mário Gonzalez

Biondi e Andrey: defendendo o Brasil na Taça Mario Gonzalez

Fred Biondi, que mora nos EUA, e Andrey Xavier, do Belém Novo, formarão o time brasileiro para a Taça Mario Gonzalez, a competição por equipes do 89º Campeonato Amador de Golfe do Brasil, que vai ser jogado de quinta a domingo, 4 a 7 de julho, no Campo Olímpico do Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca. A competição válida para o ranking mundial é a maior e mais importante para amadores do Brasil, reunindo este ano jogadores de dez países sul-americanos.

Leia também

Amador do Brasil começa nesta 5ª feira, no Campo Olímpico, com duelo pelo posto de nº 1 do país

Amador do Brasil: Lauren e Nina enfrentam fortes duplas na estreia da Taça Beth Nickhorn

      Top 1000 do WAGR no Amador do Brasil

Mas se no futebol o Brasil eliminou a Argentina por 2 x 0, nesta terça-feira, no Mineirão, na semifinal da Copa América, no golfe o embate entre os dois países promete ser mais difícil, uma vez que a Argentina chega com uma forte dupla para tentar o tetracampeonato e seu quinto título da Taça Mario Gonzalez em cinco anos. Desde que a Taça Mario Gonzalez começou a ser jogada, em 2008, a Argentina venceu cinco vezes (2010, 2014, 2016, 2017 e 2018), contra quatro do Brasil (2009, 2012, 2013 e 2015). O Chile levou os outros dois títulos (2008 e 2011).

Destaques – Fred, que estreia neste segundo semestre como jogador dos Gators, da Universidade da Flórida é o brasileiro mais bem colocado do ranking mundial, na 493ª colocação, enquanto Andrey, o número 1 do ranking nacional, vem em segundo, em 546º lugar. A Argentina, por sua vez, será representada por Leandro Correa, atual campeão amador de seu país, mas apenas 2679º do WAGR, e por Juan Ignacio Noba, 855º do mundo, abrindo mão de ter no time German Tagle, 299º do WAGR, o mais bem ranqueado entre todos os jogadores desta semana no campo olímpico.

Outra forte dupla será a do Peru, com Patricio Freundt-Thurne (847º) e Eduardo Galdos (927º). O Chile aposta em Benjamin Saiz-Wenz (849º) e Angel Fernando Leiva (2911). O equador também tem um Top 1000, Nicolas Escobar (864º), além de Felipe Garces Garzon (2028º). A Venezuela tem o outro único Top 1000 entre os estrangeiros, Konrad Brauckmeyer (690º), mas ele está sozinho e o time não disputa a Taça Mario Gonzalez. O outro único Top 1000 em campo é Gui Grinberg (962º)

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados