Amador do Brasil: masculino começa com estrangeiros na frente e brasileiros logo atrás

04/07/2019

Andrey Xavier foi o melhor jogador do Brasil, em terceiro lugar. Feminino não terminou

Andrey Xavier sai da banca: número 1 do ranking nacional foi o melhor  brasileiro na estreia no Campo Olímpico. Foto: Thais Pastor/F2 Comunicação

por | Ricardo Fonseca

Num dia prejudicado por um temporal com raios que suspendeu o jogo por quase duas horas na parte da manhã, nesta quinta-feira, 4 de julho, no Campo Olímpico de Golfe, no Rio de Janeiro, o 89º Campeonato Amador de Golfe do Brasil começou com o peruano Patricio Freundt-Thurne e o argentino Juan Ignacio Noba nas duas primeiras colocações, seguidos pelo gaúcho Andrey Xavier, o melhor brasileiro, em terceiro, no par do campo.

Na competição internacional de duplas, a Taça Mario Gonzalez, a Argentina lidera em busca do tetracampeonato, mas apenas duas tacadas à frente do Brasil. O torneio feminino e a Taça Beth Nickhorn, em homenagem também à maior ganhadora do Amador, foram interrompidos ao escurecer, quando apenas quatro das 33 jogadoras haviam entregado seus cartões. Elas voltarão a campo cedo nesta sexta-feira para terminar suas rodadas.

Freundt-Thurne fez o recorde de sete birdies na rodada – e quatro bogeys, um deles no 10, de par 5, o mais difícil do campo, onde foram feitos apenas dois birdies, com média de 5,75 tacadas. O peruano jogou 68, três abaixo do par, e abrir duas tacadas de vantagem sobre o argentino Juan Ignacio Noba, que fez quatro birdies e três bogeys, dois deles em outros buracos de par 5 (1 e 5). Eles foram os únicos entre os 57 jogadores a quebrar o par do campo.

Brasileiros – Andrey, do Belém Novo, o número 1 do Brasil, começou o dia com birdie e triplo-bogey7, mas depois se recuperou com um eagle-3 no 5, e mais um birdie e um bogey para jogar 71, e ser o melhor brasileiro da estreia, no par do campo. O carioca Daniel Kenji Ishii, do Itanhangá, número 2 do Brasil, vinha no último grupo, empatado em terceiro, até fazer um bogey no 17 e terminar em quarto, com 72 (+1), ao lado de mais quatro jogadores, entre eles os brasileiros Gui Grinberg, do São Paulo, e Pedro Nagayama, do São Fernando, que fechou o dia com dois birdies nos três buracos finais.

Uma das surpresas do dia foi Leonardo Dale, que cresceu jogando no Itanhangá e hoje mora em São Paulo, onde defende o São Fernando. Apesar de competir pouco em nível nacional, ele tem handicap positivo e assinou um cartão raro no golfe, com um bogey e 17 pares, para ser outro empatado em quarto lugar, ao lado ainda do chileno Benjamin Saiz-Wenz e do equatoriano Nicolas Escobar. João Vitor Toledo , de Brasília, e o campeão amador argentino Leandro Correa, dividem o décimo lugar, com 73 (+2).

Taça Mario Gonzalez – No torneio internacional de duplas, a 12ª Taça Mario Gonzalez, em homenagem ao maior campeão brasileiro de golfe, tanto amador como profissional, a Argentina, campeão dos últimos três anos, saiu na frente em busca do tetracampeonato, com 143 (+1) tacadas somadas por Juan Ignacio Noba (70) e Leandro Correa (73).

O Brasil, defendido por Andrey (71) e por Fred Biondi, 12º colocado com 74 (+3), vem em segundo lugar, com 145, duas tacadas atrás da Argentina. Curiosamente os dois integrantes da equipe brasileira devolveram cinco tacadas no buraco 2, com triplo bogey de Andrey e duplo bogey de Fred, que está para estrear na equipe de golfe do Gators, da Universidade da Flórida.

Chile e Equador vêm empatados em terceiro, com 147 (+5) tacadas, já bem à frente do Peru, que somar 151 (+9). A seguir estão Paraguai            e Colômbia, com 153 (+11), Bolívia, com 154, e Uruguai, com 163. O torneio feminino foi interrompido ao escurecer, quando apenas quatro das 33 jogadoras haviam terminado.

Feminino – No torneio feminino, com quase todas as jogadoras que não terminaram já na segunda metade do campo, o domínio estrangeiro está sendo absoluto. A juvenil Nina Rissi, que mora na Espanha, e vem empatada em quinto lugar com uma acima em 15 buracos, é a única brasileira entre as 20 primeiras colocadas. Lauren Grinberg, sua parceira de duplas, vem em 21º, com seis acima em nove buracos, vítima de um triplo e dois duplos bogeys.

Resultados completos

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados