Bandeirantes/Lago Azul: Jinbo Há e Lauren Grinberg conquistam bicampeonato, de ponta a ponta

12/06/2017

Pedro Luca foi o campeão sênior e Renato Song, o pré-sênior. Matheus Park o melhor juvenil

JInbo e Lauren com Padula 650

 

Acima, Antônio Padula, presidente da FPG, com os campeões Jinbo Há e Lauren Grinberg. Abaixo, em ordem descendente, os pódios scratch, masculino e feminino, sênior, pré-sênior, das categorias masculinas com handicap até 8,5, de 8,6 a 14, de 14,1 a 19,4, de 19,5 a 25,7 e as femininas até 16 e de 16,1 a 25,7; a entrega do sorteio Golf Travel e a mesa de premiação.

internasO coreano Jinbo Há, do Terras de São José, e Lauren Grinberg, que jogava em casa, defenderam seus títulos com sucesso ao vencer de ponta a ponta o Campeonato Bandeirantes de Golfe 2017, disputado de sexta-feira a domingo, 9 a 11 de junho, paralelamente ao 35º Torneio Aberto Masculino e Feminino do Lago Azul Golfe Clube, que teve jogos apenas no final de semana, em Araçoiaba da Serra (SP). O torneio organizado pela Federação Paulista de Golfe (FPG) e pelo Lago Azul Golfe Clube (LAGC), valeu para os rankings amadores mundial, brasileiro e paulista.

Jinbo Há, que começou o dia ganhando por uma tacada, chegou a perder a liderança no final da primeira metade do campo, quando fez um duplo bogey para jogar duas acima da ida, contra par de campo do juvenil Matheus Park, do Paradise, que começou os nove buracos finais vencendo por uma. Matheus, no entanto, que fechara os buracos de ida com dois bogeys, fez um duplo bogey no 10, seguido de mais dois bogeys – subiu seis tacadas numa sequência de cinco buracos – e nunca mais se recuperou. Matheus ainda precisou salvar o par no 18, de par 5, onde bateu o driver para a água, para ser vice-campeão.

Destaques – Matheus quase foi surpreendido por Filipe Rossi, do São Paulo, que jogava um grupo à frente e fez três birdies nos quatro buracos finais, para conquistar a medalha de bronze, apenas uma tacada atrás. Lucas Park, irmão mais velho de Matheus, vinha uma abaixo até o buraco 13, com chances de lutar pelo terceiro lugar, mas fez duplo bogey no 17 para empatar em quarto com Marcos Negrini, do Damha, que se recuperou de um 81 na véspera ao jogar três abaixo no domingo, igualando a melhor volta da semana, estabelecida por Matheus, no sábado.

Paulo Mattos, do Ipê, jogou três abaixo de ida, com três birdies, para chegar aos nove buracos finais em terceiro, apenas duas atrás do líder, mas depois descarrilou. Subir nove tacadas em cinco buracos seguidos, com dois triplo bogeys e um duplo, e ainda precisou fazer birdie no 18 para empatar em sexto com o juvenil Guilherme Grinberg, do Lago Azul.

Jinbo venceu com 216 (72-71-73) tacadas, o par do campo. Matheus foi vice com 220 (75-69-76), quatro acima, e Filipe ficou em terceiro, com 221 (73-77-71), cinco acima. Lucas (73-79-73) e Negrini (75-81-69) empataram em quarto com 225, nove acima, seguidos por Paulo Vitor (72-77-77) e Guilherme (77-74-75), com 226, dez acima. O campo com 7.087 jardas para os homens e 5.994 para as mulheres, esteve muito difícil, sobretudo na segunda volta, com apenas três parciais abaixo do par sendo registrados em toda a semana por Matheus e Negrini, que marcam 69, e Jinbo, com seu 71.

Handicaps – Na classificação descontados os handicaps índex até 8,5, Pedro Luca, de Bauru (72-69-71), venceu com quatro abaixo, sem nunca ter jogado acima de seu handicap, seguido por Gui Grinberg (73-70-71), com duas abaixo, e por Negrini (74-80-68), com seis acima, ao superar Lucas (72-78-72) nos critérios de desempate. Na 8,6 a 14, Fernando Fernandes, do Vila da Mata, venceu com 139 (67-72), cinco abaixo; seguido por Luiz Rosolen, do Avaré, com 142 (71-73) e por Junho Park, do Campinas, com 143 (74-69). Gustavo Shigueno, do Lago Azul; Ademir Mazon, do Campinas, e Marcos Park, o mais novo dos irmãos, ficaram em quarto, uma tacada atrás.

Na 14,1 a 19,4, Marcelo Boturão, do Terras de São José, venceu com o melhor net da semana, 133 (66-67), 11 abaixo do par. Toshiaki Shitara, do Lago Azul, foi vice com 135 (67-68), nove abaixo, e grande vantagem sobre Jose Conceição, do Santos São Vicente, com 144 (66-78). E na 19,5 a 25,7, dobradinha do Lago Azul, com Reinaldo Amaral campeão com 145 (68-77) e Osvaldo Maeda vice com 147 (76-71). Antonio Padula, presidente da FPG, do Itapeva, completou o pódio com 149 (79-70).

Idades – Pedro Luca acumulou ainda o título de campeão sênior, com 236 (80-77-79) tacadas, seguido por Roberto Gomez, do Clube de Campo, vice com 238 (81-75-82), e por Douglas Black, da Academia GolfRange Campinas, bronze com 245 (78-86-81). Na pré-sênior, Renato Song, do São Fernando, venceu com 244 (80-82-82), seguido por Emerson Godinho, do Vista Verde, com 256 (87-82-87).

Entre os juvenis o melhor foi Matheus Park, com 220, seguido por seu irmão Lucas, com 225 e por Gui Grinberg, com 226. Os resultados sênior, pré-sênior e juvenil valeram para seus respectivos rankings da Federação Paulista de Golfe.

Feminino – Entre as mulheres, Lauren Grinberg entrou como favorita tanto por ser a número 1 do Brasil, como por jogar em casa, e não decepcionou. Venceu com 231 (76-78-77) tacadas e grande vantagem sobre Roberta Moretti Avery, do Poços de Caldas, a número 3 do Brasil, que somou 248 (80-84-84). Fernando Harada da Silva, que joga filiada à FPG, completou o pódio com 249 (85-84-80).

No feminino até 16, Samire Oliveira, do Arujá, venceu com 213 (73-72-68) tacadas. Samire Oliveira, do Arujá, foi a vice, com 220 (71-77-72), seguida por Fernanda Lacaz, do São Fernando, com 221 (81-70-70). Na 16,1 a 25,7 venceu Raquel Song, do São Fernando, com 164 (85-79), seguida por Ana Beatriz Bacelar de Barros, do Vila da Mata, com 168 (82-86) e por Rosi Soares, do Lago Azul, bronze com 171 (80-91). Rosi ganhou ainda o sorteio de três dias de estadia em Comandatuba, com transfers e golfe, oferecido pela Golf Travel.

Premiação – Mauro Batista, diretor executivo da FPG, apresentou a entrega de prêmios que teve a mesa formada por Antônio Padula, presidente da FPG; Wilson Santos, presidente do Lago Azul; Luiz Martins, presidente da PGA do Brasil; Durval Pedroso, capitão do Lago Azul, e por Roberto Gomez, em sua estreia como diretor técnico da Confederação Brasileira de Golfe (CBG).

Muita gente chegou perto, mas ninguém conseguiu levar os dois prêmios oferecidos a quem fizesse hole-in-one: um Toyota Prius, no buraco 4, e um Golf Car Yamaha, prêmio do buraco 8. O torneio teve ainda, no sábado, uma concorrida clínica da ESPN, com mais de 30 pessoas, comandada pelo profissional Ricardo Melo e pelos profissionais do clube, que terminou com um concurso de embocadas no green de treino.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • comandatuba-aerea-divulgacao

    Turismo

    Golf Travel comemora prêmio Top 10 com pacotes a preços incríveis para Comandatuba

  • podio feminino

    Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados