Brasileiro Sênior: inglês Paul Wharton vence de ponta a ponta no Rio de Janeiro

09/11/2019

Competição internacional no Campo Olímpico e Gávea foi a mais forte da história da ABGS

Paul Wharton e Marcelo Stallone, campeão e vice do Brasileiro Gofe Sênior – Taça Mario Gonzalez  2019. Foto: Divulgação

O inglês Paul Wharton, um dos melhores seniores da Europa, venceu de ponta a ponta o 40º Campeonato Brasileiro ABGS de Golfe Sênior – Taça Mario Gonzalez 2019, que teve duas rodadas no Campo Olímpico de Golfe (OGC), quarta e quinta-feira, e outra no Gávea Golf & Country Club, na sexta-feira, 8 de novembro. A competição, que foi marcada pelo lançamento do Hall da Fama do Golfe Brasileiro, teve patrocínio Máster da SPX Capital e apoios da EMS, Gávea Investimentos, OGC e Gávea Golf.

Veja fotos da premiação
Aguarde álbum de fotos completo

Wharton, número 3 do ranking sênior da Inglaterra, que vinha de um título no Welsh Open Seniors Championship e de um Top 15 no Senior Amateur Championship, do R&A, mostrou grande habilidade e errou muito pouco, para vencer com duas voltas abaixo do par no OGC e outra no par do campo do Gávea. Ele somou 209 (70-70-69) tacadas, duas abaixo do par no total, para terminar sete à frente de Marcelo Stallone, do Gávea, que dividiu a liderança no primeiro dia, antes de ser o vice-campeão com 216 (70-74-72) tacadas.

Mais destaques – Depois de um tropeço no segundo dia, no OGC, Luiz A. P. Almeida, o Gugu, do São Paulo, reagiu para terminar em terceiro, com 223 (73-80-70) tacadas, superando o inglês Rupert Kellock, campeão do Welsh Seniors Open de 2018 e que chegou credenciado por um quarto lugar do English Seniors Open Championship e um quinto no Scottish Senior Open Championship, ambos em 2019. Kellock caiu para quarto colocado com 225 (75-77-73) tacadas e boa vantagem sobre François Illouz, bicampeão francês de 2017 e 2018, que terminou em quinto, com 230 (76-78-76).

Roberto Gomez, do Clube de Campo, outro dos destaques do torneio, terminou em sexto, com 237 (79-81-77), seguido por Marinho Gonzalez, do Gávea, sétimo com 241 (80-84-77). Shozo Karasawa, do Vista Verde, com 245 (83-82-80); Carlos Candido, do São Fernando, com 246 (81-86-79), e Eduardo Faria, presidente do Gávea Golf, com 247 (83-85-79), completaram os Top 10.

Handicaps – Na classificação por handicap índex até 14, Eduardo Faria venceu com 211 tacadas, o par do campeonato, seguido por Marinho, com 217, que foi o vice nos critérios de desempate contra Seizo Yano, do PL Golf Club, que levou o troféu de terceiro lugar. As demais categorias seniores foram jogadas no sistema stableford. Na 14,1 a 23, venceu Delpho Pelosini, do Guarujá, com 122 pontos, seguido por dois uruguaios: Julio Forcade, vice com 118 pontos, e Miguel Balles, terceiro com 114.

Na 23,1 a 32, Walter Taurisano, do Clube de Campo, venceu de ponta a ponta, com 139 pontos, contra 108 de Carlos Xavier, do Santos São Vicente, e 100 de Giovani Gionedis, do Alphaville. Nivaldo Gerais, de Brasília, somou 110 pontos para ser o campeão supersênior (75 aos ou mais), categoria que reuniu 13 jogadores, alguns com mais de 80 anos, numa prova de como o golfe ajuda a aumentar a longevidade dos esportistas e com qualidade de vida.

Pré-Sênior – Entre os pré-seniores (40 a 54 anos), categoria que vem ganhando cada vez mais importância dentro da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS), Giovani Thibau Christófaro, do Morro do Chapéu, foi campeão scratch com 234 (84-44-73) tacadas. Emerson Godinho, do Vista Verde, foi o vice-campeão com 147 (82-85-80), seguido por Michel Thó, com 248 (82-83-93).

Godinho ficou com o troféu de campeão entre os pré-seniores com índex até 14, com 217 (72-75-70) tacadas. O vice-campeão foi Tadeu Schmidt, do Gávea, apresentador do Fantástico da Rede Globo, com 221 (74-80-67). Clovis Brum Infante, do Rio de Janeiro, foi o campeão da 14,1 a 32 pré-sênior, no sistema stableford, com 108 pontos. Houve ainda uma competição feminina em categoria única, vencida por Ineke Donkers, de Campinas, com 104 pontos.

Premiação – Após o jogo foi servido um churrasco de confraternização na área da piscina do Gávea, seguida da entrega de prêmios que teve a mesa formada por Marcelo Stallone, idealizador do Hall da Fama e organizador do Brasileiro Sênior, juntamente com a ABGS; Eduardo Faria, presidente do Gávea; Marinho Gonzalez, filho do Mestre Mário, que empresta seu nome ao maior troféu do golfe sênior brasileiro; Constantino Ajimasto, o Grego, do Damha GC, representando a ABGS; Roberto Gomez, representando a CBG; e o profissional Caio Barbosa, do OGC.

Resultados completos

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados