Cativa CBD, marca de produtos derivados da maconha, patrocina oito jogadores do PGA Tour

26/06/2020

Nomes como D.J. Trahan e Rory Sabbatini disputam desafio CBD com US$160 mil em prêmios

Lebioda, Sabbatini e Thompson: jogando no PGA Tour com patrocínio de produtos derivados da maconha

por | Ricardo Fonseca

A Cativa CBD, marca de produtos derivados da maconha, que vão desde os cremes e chicletes aos chás e cafés, aproveitou os oito profissionais do PGA Tour que já patrocina para lançar o Cativa CBD PGA Challenge, competição entre os atletas da marca que abarcará todos os eventos desde a volta do maior circuito profissional do mundo à atividade na Era da Covid-19, há três semanas. O desafio entre os jogadores que usam a marca da Cativa CBD em suas camisas, bonés ou bolsas de golfe vai distribuir US$ 160 mil em prêmios.

O objetivo da Cativa CBD ao patrocinar atletas de alto rendimento do diversos esportes – está também na NBA, NFL, NHL e até na NCAA – é divulgar que seus produtos são associados ao bem-estar, dados os princípios medicinais do canabidiol (CBD), usado em suas formulações, que são livres do Tetra-hidrocanabinol (THC free). O THC é a principal substância psicoativa encontrada nas plantas do gênero Cannabis, a popular maconha. Já o CDB, que não produz euforia nem intoxicação, é uma das centenas canabinoides encontradas na Cannabis sativa, e que constitui grande parte da planta, chegando a representar mais de 40% de seus extratos.

Atletas – D.J. Trahan, Rory Sabbatini, Chris Stroud, Brian Gay, Mike Gellerman, Hank Lebioda, Hudson Swafford e Michael Thompson já estão jogando com o logo da Cativa CBD gravado em suas camisas, bonés e bolsas e muitos já renovaram o patrocínio para a temporada 2020/2021. “Todos os oito atletas do desafio incorporam o espírito da nossa marca e estamos animados em apoiá-los na retomada do jogo”, diz Luisa Escobar, diretora de operações da Cativa CBD.

No Cativa CBD PGA Challenge, os jogadores acumularão pontos com base na colocação entre os que usam o logotipo da marca e nos ganhos do PGA Tour durante o restante da temporada 2019-2020 e na temporada 2020-2021. Durante esse período, todos os jogadores participantes receberão produtos Cativa CBD para uso pessoal, incluindo chiclete CBD e café gelado CBD.

Benefícios – Entre os benefícios esperados do CBD e relatados em diversos estudos estão efeitos neuroprotetores, anti-inflamatórios, anticonvulsionantes, antitumorais, antipsicóticos e ansiolíticos. Também estão sendo feitos estudos para o tratamento de pacientes diagnosticados com COVID-19, no Canadá, Brasil e Israel. 

No Brasil, o canabidiol já pode ser prescrito por médicos psiquiatras, neurologistas e neurocirurgiões em receita especial de duas vias. Em 2015, a ANVISA remanejou a substância para a Lista C1 do Controle Especial, fazendo com que ela deixasse de fazer parte da lista de substâncias proibidas (proscritas). Em abril foi autorizado pela Anvisa a produção no Brasil do primeiro produto com base no CBD. Fonte: site JusBrasil

Empresa – A Cativa CBD foi fundada em 2018 “com a missão de combinar o poder da ciência e a promessa da natureza de proporcionar bem-estar e saúde”, diz a propaganda da marca. “Acreditamos no potencial inexplorado do CBD para curar a mente e o corpo”, diz a empresa, que, no entanto, adverte que seus produtos não foram avaliados pela FDA (Food and Drug Administration), a agência federal dos EUA responsável pela proteção e promoção da saúde pública.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Ranking Mundial: Latino-americanos ganham posições e já são 16 entre os Top 500


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados