CBG Pro Tour: Alexandre Rocha isola-se na liderança no Ipê Golf Club de Ribeirão Preto

12/11/2020

Felipe Navarro cai para segundo lugar. Gui Grinberg, em terceiro, é o melhor amador

Dazio Vasconcelos, da Ócio Empório e Restaurante ao lado de Alexandre Rocha, líder do torneio. Foto: Thais Pastor/F2 Comunicação

por | Ricardo Fonseca

Depois de um tropeço inicial quando fez três bogeys nos primeiros nove buracos, Alexandre Rocha, do São Fernando, líder do ranking do PGA Tour Latinoamérica de 2020, recuperou-se com quatro birdies na segunda metade do percurso para jogar o par do campo na segunda das três rodadas da etapa do CBG Pro Tour do Ipê Golf Club de Ribeirão Preto disputada nesta quinta-feira, 12 de novembro. A competição com 35 jogadores, dos quais 28 profissionais e sete amadores, termina nesta sexta-feira, com bolsa prevista de R$ 50 mil. O evento, no entanto, prossegue até sábado, quando haverá um Pro-Am.

Com esse resultado, Rocha isolou-se em primeiro lugar, com 140 (68-72) tacadas, quatro abaixo, e abriu duas de vantagem sobre os adversários. Felipe Navarro, do São Paulo GC, o outro líder da véspera, chegou a abriu três tacadas de vantagem ao jogar o par na primeira metade do percurso, mas depois devolveu mais duas tacadas para o campo para terminar o dia em segundo, com 142 (68-74) tacadas, duas abaixo.

Destaques – Três jogadores dividem o terceiro lugar com 143 tacadas, uma abaixo, com destaque para o juvenil Gui Grinberg, do São Paulo (72-71), um dos três em campo que não jogou nenhuma volta acima do par. O outro é Pablo de La Rua, do Terras do Golfe, de Mato Grosso do Sul (71-72), que divide ainda o terceiro lugar com Alexandre Holtz, do Ipê (70-73). Rafael Becker, do São Fernando (73-71), outro jogador do PGA Tour LA, que vem de uma vitória no Aberto de seu clube, onde superou Rocha no desempate, aparece em sexto lugar com 144 (73-71), o par do campo.

Gustavo Teodoro, outro profissional do Ipê, recuperou-se de uma má estreia e já aparece em sétimo lugar, com 148 (76-72) tacadas, quatro acima, empatado com Daniel Kenji Ishii, do Itanhangá (74-74), que faz sua estreia como profissional nesse torneio. Completam os Top 10 dois ex profissionais do PGA Tour LA, que somam 149 tacadas, cinco acima: Rafael Barcellos, do São Paulo (73-76), e Odair Lima, de Maringá (73-76).

A rodada desta quinta-feira ficou parada por uma hora por causa de forte chuva, quando faltavam cinco grupos para terminar. No recomeço, quando o grupo final estava no buraco 18, o jogo teve que ser interrompido novamente, desta vez por apenas 20 minutos, por causa do mau tempo.

Leilão Beneficente – Nesta sexta, 13, após a rodada final, haverá um happy hour no Ócio Empório e Restaurante, perto do clube, seguido do leilão beneficente dos profissionais, que servirá para montar as equipes para o Pro-Am. Do valor arrecado no leilão, 70% serão destinados a duas instituições de caridades, a Oficina de Nossa Senhora e o Instituto Osvaldo Ribeiro de Mendonça.

Esta etapa do Circuito Brasileiro de Profissionais de Golfe – CBG Pro, a primeira de 2020, tem patrocínio de Impacto Segurança; Weiku; Honda Lago San; e Ócio Empório e Restaurante, além do apoio do Ipê Golf Club. Além dessa, haverá mais duas grandes competições do CBG Pro Tour para 2020: no Bastos Golf Clube, em Bastos (SP), de 1º a 5 de dezembro, e no Royal Golf, em Londrina (PR), de 15 a 19 de dezembro.

Resultados completos

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    PGA Tour: Entenda tudo o que está em jogo para Tiger esta semana, no Memorial


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados