De volta a março, TPC Sawgrass transforma-se em outro campo e traz muito mais emoções

14/03/2019

Tiger Woods foi o único jogador a vencer o The Players em sua data original e em maio

Vista aérea do green ilha do buraco 17 – Imagem: Zepellin PGA Tour – reprodução

por | Ricardo Fonseca

O grupo de jogadores é o mais forte da história do evento, com todos os 50 primeiros do mundo em campo, e 81 dos Top 100; o prêmio é o maior da história, com US$ 12,5 milhões, sendo US$ 2,25 milhões para o campeão; e o campo é o mesmo, só que com uma grande diferença, retornando de maio para sua data original, em março, algo que significa muito para um país onde as estações do ano são tão definidas.

A primeira diferença que se nota é o verde campo em geral, antes marrom, e dos greens, que são de Bermuda, é verdade, mas ainda com o predomínio das gramas usada para o overseeding no inverno, que só termina na próxima semana. Foram usadas quatro sementes de cobertura em todo o campo: ryegrass ou fine fescue nos tees, fairways e rough; e velvet bent ou Poa Trivialis nos greens. Outra diferença são os ventos, que podem vir de qualquer direção e irão tornar, com seu sopro errático, o green-ilha do buraco 17 ainda mais difícil de ser jogado e deixá-lo menor do que já parece.

Vento – “Tenho ficado entre um ferro 6 ou ferro 7 para jogar lá”, contou Tiger Woods, o único jogador da história a vencer o torneio tanto em março (2001) como em maio (2013). Desde que mudou para o TPC Sawgrass, em 1982, o The Players era jogado em março, de três a duas semanas antes do Masters, o primeiro major da temporada, que acontece sempre na primeira semana cheia de abril, com as diferentes flores que dão nome a cada um dos 18 buracos de Augusta, explodindo em cores para saudar a primavera.

A mudança para maio aconteceu em 2007, dentro da reestruturação do calendário que passou a terminar em setembro (antes era dezembro) para a criação da FedexCup e seus milionários playoffs. Uma exigência dos principais jogadores – Tiger Woods inclusive – que passaram a boicotar os torneios do final do ano por achar o calendário extenso demais e sem uma brecha para jogar, sob régios contratos, os torneios do Oriente Médio e Ásia, como convidados.

Mais diferenças – O vento que pode chegar a 25 ou 35 km/h fica ainda mais perigoso com o rough mais alto de março e com o campo mais longo. “É um animal totalmente diferente” compara Jim Mackay, o Bones, que depois de muitos anos na bolsa de Phil Mickelson se aposentou como caddie e hoje é repórter de campo nas transmissões da NBC/Golf Channel, que acompanhamos no Brasil. “Também está mais frio e o campo fica mais lento, embora mais longo”, avisa Bones.

Billy Horschel, ex-campeão da FedEx Cup, que mora ao lado do TPC Sawgrass, onde joga de 10 a 12 vezes por ano, explica melhor. “Em maio você joga o 17 e o 18 com o vento nas costas, o que fica muito mais fácil, mas, em março, o vento vem da esquerda para o seu rosto”, conta Horschel. “Acho que Pete Dye desenhou o campo pensado nisso, em ter o vento vindo de frente, da esquerda, o que deixa os buracos finais muito mais assustadores”.

Chuva – Tiger Woods é um dos 23 dos 144 jogadores em campo que já jogou o The Players em março. E Adam Scott, o outro único jogador, além de Woods, que já venceu lá nesta época do ano. “Vai ser muito mais desafiador com o vento, não brutalmente difícil, mas vai ser bem mais difícil”, arrisca Scott, que viu outra diferença, com as chuvas do começo desta semana, algo raro em maio, deixando as raias mais macias e as bolas sujas e pesadas para a tacada seguinte. “Nos últimos 12 anos bati ferro 9 ou wedge do tee do 1, hoje um ferro 5”.

Woods diz que há uma fórmula infalível para jogar esta semana: “bata bem na bola e não se deixe intimidar pelo visual, que foi o que Pete Dye quis fazer ao construir esse campo”, resume. “Não dá para jogar meia boca e vencer esta semana”, avisa o ex-número 1 do mundo. “Você vai ter jogadas complicadas se sair da raia ou em volta dos greens e vai ter que saber o que fazer”.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados