Depois de cinco anos e 65 torneios, Rodrigo Lee finalmente entra para o ranking mundial de golfe

16/04/2018

Com um sexto lugar no Aberto do Centro, profissional paulista já o terceiro brasileiro da lista

 

Rodrigo Lee: conquistando na Argentina o melhor resultado internacional de sua carreira profissional. Foto: Enrique Berardi/PGA Tour

Depois de cinco anos no PGA Tour Latinoamérica, e de 65 torneios jogados desde 2013, o profissional paulista Rodrigo Lee finalmente entrou para o ranking mundial de golfe ao terminar empatado em sexto lugar no Aberto do Centro, encerrado neste domingo, no Córdoba Golf Club, em Córdoba, na Argentina. Alexandre Rocha, patrocinado pela Academia GolfRange Campinas, terminou em 23º, e Rafa Becker, patrocinado pela Copag, não passou o corte.

Rodrigo Lee não começou bem, mas reagiu nas duas rodadas intermediárias, e garantiu seu primeiro Top 6 em torneios do ranking mundial ao jogar o par do campo na volta final, a mais difícil de todas, e empatar em sexto lugar com 279 (73-67-68-71) tacadas, apenas duas tacadas atrás dos vice-campeões, o americano MJ Maguire (71-67-67-72) e o colombiano Marcelo Rozo (71-66-67-73), que somaram 7 abaixo. O chileno Cristobal del Solar venceu com 272 (68-64-66-74), 12 abaixo, melhor resultado do torneio desde 2013, quando passou a integrar o PGA Tour LA, e seu primeiro título do circuito.

Virada – Rodrigo, que estreou fora da linha de corte, fez um eagle e 11 birdies nos 36 buracos seguintes, para somar sete abaixo na sexta-feira e no sábado e começar a volta final em sétimo lugar. Neste domingo, ele saiu com um birdie, mas quase perdeu o controle do quando fez três bogeys do buraco 4 ao 7, Rodrigo recuperou as três tacadas com birdies no 10, 15 e 16, e nem o bogey no 17 o impediu de realizar seu primeiro grande objetivo no PGA Tour LA.

Com o 1,2 ponto que ganhou em Córdoba, Rodrigo entrou direto para a 1.447º colocação do ranking, como melhor brasileiro, atrás apenas de Adilson da Silva, que joga na Ásia e África do Sul, o 362º do mundo, e Alexandre Rocha, que tem cartão do Web.com Tour e joga no PGA Tour LA, o 1.023º colocado. Rafael Becker vem em 1727º lugar, e o amador Tiago Lobo em 1.795º. Lucas Lee, que não joga torneios oficiais desde 2016, quando perdeu o cartão do PGA Tour, ainda aparece como o sexto e último brasileiro, em 1.805º.

Brasileiros – Alexandre Rocha, que estreou em sétimo lugar e passou o corte om facilidade, mas perdeu posições no sábado, ao terminar em 23º lugar, com 283 (69-71-73-70) tacadas, uma abaixo. Rocha é o 17º do ranking de prêmios do PGA Tour LA, com US$ 8,3 mil, enquanto Rodrigo já aparece em 21º, com US$ 7 mil. Becker, que jogou 80 e 77, está em 60º com US$ 2 mil ganhos.

Rocha, Rodrigo e Becker voltam a jogar na argentina de quinta a domingo desta semana, no Molino Cañuelas Championship, quarto torneio da temporada de 2018 do PGA Tour LA. Será uma data histórica para o circuito de acesso do Web.com Tour, que começou a ser jogado em 2012, no vácuo do extinto circuito latinoamericano de golfe e que completa no campo do Cañuelas Golf Club, em Buenos Aires, seu 100º torneio oficial.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados