Em virada histórica, Rafa Barcellos conquista título do Pro Tour, no São Paulo GC

02/08/2019

Esse foi o quinto título do ano do gaúcho radicado em SP; Rodrigo Lee foi o vice-campeão

Rafa Barcellos comemora mais uma vitória em 2019. Foto: Thais Pastor/F2 Comunicação

por | Ricardo Fonseca

Com cinco birdies nos primeiros 10 buracos, Rafa Barcellos, que começou o dia perdendo por três, virou o jogo, a caminho de vencer a etapa do Pro Tour encerrada nesta quinta-feira, 1º de agosto, no São Paulo Golf Club, na zona sul da capital paulista. Esse foi a sexta etapa individual do Pro Tour, organizado pelo Mini Tour Profissional de golfe – houve mais uma, de duplas – e o evento de maior premiação da temporada, com bolsa de R$ 61 mil.

Em uma das melhores fases de sua carreira, o profissional Rafa Barcellos conquistou seu quinto título em sete torneios da temporada profissional brasileira de 2019. Ele começou a série com um título no Aberto de Campinas e depois ganhou quatro das seis etapas individuais do Pro Tour -, o mini tour profissional de golfe, disputadas até agora. Em 17 rodadas nessas competições, de dois ou três dias, Rafa jogou 15 vezes abaixo do par.

Vitória – Rodrigo Lee, do Guarapiranga, líder desde o primeiro dia, não conseguiu acompanhar o ritmo de Barcellos, que jogava em casa. Barcellos virou o jogo no 10, quando vinha cinco abaixo, contra uma abaixo do adversário, cedeu o empate com um bogey no 12, e o jogo continuou empatado com ambos fazendo birdies no 13 e par no 14. No 15, foi a vez de Rodrigo fazer bogey para ficar uma atrás, até o final. Barcellos venceu com 202 (68-67-67) tacadas, 11 abaixo, sendo o único entre os 45 jogadores que terminaram o torneio a jogar todas as rodadas abaixo de 70. Rodrigo foi o vice-campeão com 203 (63-69-71) tacadas, 10 abaixo.

O argentino Francisco Ojeda ficou em terceiro, com 206 (67-70-69), sete abaixo, seguido por Felipe Navarro, do São Paulo, que somou 207 (69-71-67), seis abaixo, depois de igualar a melhor volta da rodada final. Ronaldo Francisco,  de São José do Rio Preto, terminou em quinto, com 209 (71-69-69) quatro abaixo, seguido por dois jogadores com 210 (-3); Gustavo Teodoro (71-71-68), de Ribeirão Preto; e Odair Lima (68-72-70), de Maringá.

Mais destaques – Philippe Gasnier, da Jack Nicklaus Academy of Golf, do Terras II, em Itu, fez sete birdies, na única volta sem bogeys da rodada, para jogar sete abaixo, a melhor volta do domingo e a segunda melhor da semana, e ainda ficar em oitavo, com 211 (73-74-64), empatado com Adriel Marques (67-71-73), do Lago Azul. Herik Machado, do São Paulo, completou os Top 10, com 214 (76-68-70), uma acima. Pedro Nagayama, do São Fernando, estreando como profissional, terminou com sua melhor volta da semana para somar 216 (75-73-68), três acima, em 12º lugar.

A bolsa de R$ 61 mil foi conseguida graças aos R$ 50 mil oferecidos por um grupo de colaboradores, todos sócios do São Paulo GC: Fábio Penteado, Luís Srur, Paulo Galvão, Fábio Igel, Roger Karan, Toninho Abdalla, Fernando Gullo, Nelson Biondi, André Gomes, Gilson Lima, Silvio Tini, Fernando Horta, Marcos Guedes e Wagner Resende, que estão prestando um serviço de grande valor para o golfe profissional brasileiro. A próxima etapa do Pro Tour será de 22 a 24 de agosto, junto com o Aberto do Terras do Golfe, em Campo Grande (MS).

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados