Juvenil de 15 anos surpreende favoritos e vence o Aberto do RJ, no Aretê Búzios

28/09/2020

Ator Marcos Pasquim é campeão em sua categoria, que teve ainda Giovane Gávio, do vôlei

Deivid, de 15 anos, conquista maior torneio da carreira. Abaixo, Marcos Pasquim vence na 8,6 a 14, onde Giovane Gávio foi Top 10. Fotos: Divulgação

por: Ricardo Fonseca

O juvenil Deivid Oliveira, de apenas 15 anos, do Clube Capixaba (ES), mas que é diretamente filiado à Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro (FGERJ), que o apoia, surpreendeu os favoritos para vencer de ponta a ponta o Aberto do Estado do Rio de Janeiro, disputado neste final de semana, 26 e 27 de setembro, no Golfe Clube Aretê Búzios. Meidy Gama levou o troféu da competição feminina do torneio que marcou o recomeço do calendário da FGERJ após quase sete meses de paralisação por causa da pandemia de Covid-19.

Marcos Pasquim, campeão da 8,6 a 14; e Gionave Gávio, Top 10 do Aberto do RJ

Deivid foi campeão com 159 (79-80) tacadas, 15 acima do par, num final de semana onde o campo, com os tees azuis mais longos, muitos perto dos tees pretos, mostrou-se difícil para todos, com apenas dois jogadores da scratch conseguindo quebrar as 80 tacadas. Thor Salén, do Itanhangá, foi o vice-campeão, com 163 (83-80), seguido por Daniel Kenji Ishii, também do Itanhangá, com 164 (85-79). Kenji, número 1 do Rio de Janeiro, número 2 do ranking nacional e terceiro melhor brasileiro do ranking mundial amador de golfe (WAGR), era o favorito ao título do torneio que valeu para os rankings da FGERJ.

Handicaps – Na classificação por handicap índex até 8,5, Carlos Smith, do Aretê Búzios, foi o campeão com 150 (77-73) tacadas. Deivid seria o segundo, mas como os troféus não são cumulativos, os prêmios seguintes ficaram para dois jogadores do Campo Olímpico: Haru Ogata, vice-campeão com 155 (82-76) tacadas, e Gabriel Fernandes, terceiro colocado, com 161 (83-78).

Na 8,6 a 14, com a presença de dois jogadores famosos, vitória do ator Marcos Pasquim, com Itanhangá, que fez a melhor volta de sua categoria na rodada final para virar o jogo e ser campeão com 151 (77-74) tacadas, no desempate com Paco Casini, do Aretê Búzios (72-79). Christian Casini, do Aretê, terminou em terceiro com 153 (78-75). O bicampeão olímpico e campeão mundial de vôlei Giovane Gávio terminou em nono lugar, com 166 (84-82) tacadas.

Mais premiados – Na 14,1 a 22,1, Luiz Guedes, do Aretê, fez o melhor net da semana para vencer com 142 (78-64) tacadas, seguido por Tulio Portella, do Campo Olímpico, com 153 (79-74), e por Acir Cumin, do Aretê, com 153 (77-76). E na 22,2 a 29,3, dobradinha do Aretê, com Nadimo Nakhle campeão, com 154 (77-77) tacadas, e Giorkys Portillo vice, com 158 (85-73). Osvaldo Gadotti, da Federação Baiana e Capixaba de Golfe ficou em terceiro, com 161 (87-74).

No feminino, Meidy Gama, do Gávea, a número 1 do estado, única scratch em campo, terminou em 176 (92-84) tacadas. Na categoria com 16,1 a 28,2 de handicap índex, Maria Clara Canano, número 2 do estado e diretamente filiada à FGERJ venceu com 171 (88-83) tacadas, seguida por Maitri Peychaux, do Aretê, com 178 (90-88), e por Alda Matsuda, do Itanhangá, com 179 (89-90).

Juvenis são destaque – Além de Deivid, campeão geral, outros dois juvenis foram destaque, ambos do Aretê Búzios: Paco, de 13 anos, e Maitri, de 10, que jogaram pela primeira vez um torneio adulto e foram ao pódio. Paco, inclusive, poderia ter vencido não tivesse se confundido com a regra do Resultado Máximo e levantado a bola em um buraco, quando, mesmo com a penalidade, poderia ter economizado uma tacada.

Paco perdeu o título nos critérios de desempate para Pasquim. Mesmo assim, ganhou do orgulhoso pai, Christian Casini, que ficou em terceiro na 8,6 a 14, duas tacadas atrás.

Aberto do Aretê – Assim que terminou o Aberto do RJ, já começaram os preparativos para o Aberto do Golfe Clube Aretê Búzios uma das competições mais aguardadas do Brasil, que seria jogada no final de março, mas foi adiada para dias 5 e 6 de dezembro por conta da pandemia. Apesar de ser a 19º edição do Aberto, essa será a primeira disputada após as obras de modernização do campo desenhado por Pete Dye, um dos mais importantes designers de golfe do mundo.

A reforma do Aretê Búzios, que durou 16 meses, foi comandada por Sebastião Neres, da NGA Golf, seguindo projeto de Perry Dye, filho de Pete Dye, da Dye Designs, ficando pronta no final de 2019. As inscrições para o Aberto do Aretê Búzios estão abertas e devem ser feitas no site da FGERJ até 27 de novembro. Restam poucas vagas.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    PGA Tour: Entenda tudo o que está em jogo para Tiger esta semana, no Memorial


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados