Juvenil de Inverno: Agustin e Lacaz vencem e entram para o ranking mundial. Veja fotos e vídeo!

13/07/2018

Ambos viraram jogo na volta final. Brasil foi campeão por equipes e nas duplas. Veja fotos e vídeo

Fernanda Lacaz e Agustin Marques com os troféu do Juvenil de Inverno Internacional de SP. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

Assista, no final, às entrevistas com os campeões e com o vice-campeão Thomas Choi 

O 14º Campeonato Juvenil de Inverno do Estado de São Paulo 2018 – Copa Internacional Juvenil de Golfe, encerrado nesta sexta-feira, 13 de julho, no São Fernando Golf Clube, em Cotia (SP), vai ficar marcado para sempre nas carreiras do chileno Agustin Marquez e da paulista Fernanda Lacaz, do São Fernando, ambos de 16 anos. Ao vencer uma das maiores competições juvenis de São Paulo e do Brasil, Agustin e Fernanda conseguiram entrar para o Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR, na sigla em inglês), sonho de todo o golfista de alto rendimento.

Veja centenas de fotos exclusivas e em alta definição

Só entra para o WAGR quem vencer um torneio válido para o ranking, ou ficar entre os primeiros das maiores competições amadoras do mundo. Só estando no WAGR os jogadores passam a ter direito a pontuar nas competições homologadas. São mais de dez torneios válidos para o WAGR por ano no Brasil, dezenas na América do Sul e centenas em todo o mundo. Fazer parte o ranking mundial significa integrar e elite do golfe amador e ter direito de jogar torneios cada vez mais importantes.

Virada – A vitória do chileno Marques não foi uma conquista qualquer. Depois de começar a volta final em segundo, perdendo por uma tacada, Marques fez três birdies e um bogey para igualar a melhor volta da semana, virar o jogo e ainda vencer por cinco tacadas de vantagem, num dos torneios de melhor nível técnico do ano, aonde, além do chileno, outros 21 golfistas tinham índex 3,5 de ou menor, incluindo quatro deles com handicaps positivos. Marques somou 216 (73-74-69) tacadas, três acima do par, levando o título geral, um troféu de posse transitória, e o de campeão juvenil.

Com o campeão disparado na frente, um grupo de cinco brasileiros que haviam saído nos dois últimos grupos passou a lutar pelo vice-campeonato. Quem levou a melhor foi Thomas Choi, do São Paulo, que começou o dia em quinto lugar e, como os demais, vinha tentando se entender com os greens firmes e rápidos do São Fernando, que foram a maior dificuldade de todos.

Destaques – Choi abriu o dia com um birdie no 4, mas fez quatro bogeys nos cinco buracos seguintes e outro no 15 para ficar ameaçado de nem subir ao pódio. Foi quando sua estrela brilhou. Ele embocou um putt para birdie no buraco 17 que nem ele próprio acreditava que cairia, e fechou a volta com um eagle do meio da raia do 18, batendo um wedge de 56º, de 110 jardas de distância, que fez a bola cair perto da bandeira e rolar direto para dentro do buraco. Uma tacada que lhe deu o vice-campeonato com 221 (75-74-72) tacadas, oito acima.

Outra boa surpresa do dia foi o terceiro lugar de Tomas Afonso Ribeiro, que mora em Trancoso (BA), mas defende o Terras de São José, de Itu (SP). Depois de começar a semana como vice-líder, Tomas caiu para o sétimo lugar no segundo dia, mas se recuperou nesta sexta-feira para somar 225 (73-78-74) tacadas e levar o último troféu da categoria juvenil. Matheus Park, do Paradise, que começou a volta final em primeiro, não vinha num bom dia, mas esteve em segundo lugar até fazer um quádruplo bogey-8 no buraco 15, ao mandar duas bolas seguidas para dentro do rio que margeia todo o dog-leg à direita, batendo ferro do tee. Terminou em quarto, com 227 (73-73-81) tacadas.

Daniel Celestino, do Graciosa, outro que batalhava pelo vice-campeonato, teve tropeço semelhante, ao fazer um quíntuplo-bogey 10 no buraco 17 e terminar em quinto, com 228 (74-75-79) tacadas. Ele dividiu o quinto lugar com dois jogadores do São Fernando: Pietro Alvim (74-76-78), que começou bem a semana, mas piorou duas tacadas por dia, e Dylan Song (76-72-80), que saiu no grupo dos líderes, mas terminou a volta final sem um birdie sequer. Pedro Marchioni, do São Paulo, fez a segunda melhor volta do dia para terminar em oitavo, com 230 (76-82-72).

Pré-juvenis – Na classificação exclusiva dos pré-juvenis (14 e 15 anos), que jogam dos mesmos tees do juvenis, Rafael Benadiba, do São Fernando, foi campeão com 239 (81-80-78) tacadas, seguido pelo argentino Felipe Schmitt, que defende o Clube de Campo, com 242 (89-75-78), e Marcos Park, do Paradise, com 247 (79-89-79). Renato da Silva Filho (81-89-78), do Curitibano, e Stefano Thrane, do Clube de Campo (90-76-82) empataram em quarto, outra tacada atrás.

Na categoria até 13 anos, Guilherme Ziccardi, do Clube de Campo, venceu com 269 tacadas, seguido por João Pedro Bosseto, do Arujá, com 272. E na até 11 anos, Pedro Salioni, do São Fernando, venceu com 294 tacadas, seguido por Nelson Shikicima, do Paradise, o mais jovem golfista em campo, com 312.

Feminino – A vitória de Fernanda Lacaz, entre as meninas, foi outro ponto alto do dia, não só por ela ser jogadora da casa, mas por ter chegado ao título igualando a melhor volta da semana e superando jogadoras muito mais experientes. Fernanda, que foi líder no primeiro dia e caiu para segundo na volta seguinte, venceu com 227 (76-78-73) tacadas e duas de vantagem sobre a líder da véspera, a argentina Carla Lucero, que somou 229 (80-73-76).

O duelo final entre Fernanda e Carla foi emocionante. Depois de se revezarem na ponta durante o dia, elas terminaram o buraco 16 empatadas, depois que a brasileira fez par e a argentina bogey, ao errar o buraco por muito pouco. Carla teve nova chance de empatar no buraco 17, quando deixou um putt longo “pendurado” no buraco, mas Fernanda também errou, para birdie, de um terço da distância. No 18, Fernanda errou o green pela esquerda, mas Carla, que estava com a segunda no green, voltou a errar o putt, desta vez passando muito o buraco, o que a levou a errar também na volta. Fernanda deu um bom chip e embocou a tacada da vitória, de meio metro de distância.

Lauren Grinberg, da Barry University, teve um dia para esquecer. Vice-líder por uma ao começara a rodada, terminou em terceiro, seis atrás da campeã, com 233(76-78-79), com três birdies, mas também com dois triplos e dois duplos bogeys. Na categoria pré-juvenil venceu a argentina Antonela Periotti (81-76-85), no desempate com a chilena Florencia Dufey (84-77-81), depois que ambas somaram 242 tacadas. Elas haviam ficado em quarto na geral. Isu Choi, do Terras de São José, ficou em sétimo na geral, com 251 (87-84-80) tacadas, e levou o título de campeã até 13 anos.

Equipes – Nas competições internacionais por equipes, só deu Brasil. Depois de ficar atrás do time de Córdoba, da Argentina, nos dois primeiros dias, o Brasil venceu a Copa Internacional, de virada, com 676 tacadas, com o time formado por Thomas Choi, Lucas Park, Fernanda Lacaz e Lauren Grinberg. Córdoba ficou em segundo, com as 686 tacadas de Nahuel Barrera – líder do primeiro dia que terminou em 14º -, Santiago Villareal, Carla Lucero e Antonela Periotti.

A seguir, terminaram Chile (Agustin Marquez, Maxmiliano Dufey, Florencia Dufey e Tanja Csazar), com 708; São Paulo (Matheus Park, Lucas Steinhoff, Samire Oliveira e Isu Choi), com 711; Argentina Sur (Genaro Knaus, Tomas Cavagh, Camila Luppi eAgostina Sansone), com 739; e Paraná (Daniel Celestino, Arthur Locoman e Roberta Sorice), com 759. Nas duplas masculinas, o Brasil venceu com Thomas Choi e Lucas Park, com 453 tacadas, e nas duplas femininas, com Fernanda Lacaz e Lauren Grinberg, com 460. Houve também premiação individual em categorias net.

Premiação – Mauro Batista, diretor executivo da Federação Paulista de Golfe (FPG) comandou a entrega de prêmios que teve a mesa composta pelo árbitro internacional Frank Cazaubon, representando a Confederação Brasileira de Golfe; Isabela Martins, diretora Juvenil da FPG; e por Adelina Garcia, representando o São Fernando.

O 14º Campeonato Juvenil de Inverno do Estado de São Paulo 2018 – Copa Internacional Juvenil de Golfe foi organizado pela Federação Paulista de Golfe, em parceria com o São Fernando Golf Club, Confederação Brasileira de Golfe, R&A e Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR).

Assista ao vídeo:

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados