Liberou geral: R&A e USGA propõem acabar com proibição de patrocínio a amadores

23/02/2021

Decisão sai no final de março para valer a partir de 2022. Entenda o que deve mudar

por | Ricardo Fonseca

Citando a necessidade de modernizar regras ultrapassadas, o R&A e a USGA abriram esta semana uma consulta pública para uma série de propostas de modernização do Estatuto do Amador, que liberaria os golfistas de alto rendimento a receber patrocínio de qualquer tipo, incluindo pelo uso de imagem e nome, entre outras flexibilizações. O período de consulta vai ate 26 de março e o novo Estatuto do Amador entraria em vigor em 1º de janeiro de 2022.

Pela proposta, não haverá mais restrições a qualquer tipo de patrocínio nem na forma como o amador pode se beneficiar de seu nome e imagem, incluindo ser reembolsado de despesas, mas não limitado a isso. Também acaba a distinção entre prêmios em dinheiro e outras formas de recompensa e o período exigido para recuperar o status de amador seria reduzido.

Limitações – As únicas limitações que ficariam para os amadores seria receber prêmio maiores do que US$ 750 (R$ 4 mil), ser pago para dar aulas ou ser contratado como profissional de clube. A NCAA que se preparava para votar novidades para as regras de compensação para os amadores decidiu esperar o fim dessa consulta.

Craig Winter, diretor de Regras e Estatuto do Amador da USGA explica que a mudança beneficiaria são só os golfistas de alto rendimento, mas os milhões de jogadores de todas as idades e níveis de jogo que jogam para se divertir e competem em seus clubes ou em nível regional.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Vitória de Matsuyama no Masters foi a melhor coisa que poderia acontecer ao golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados