Mickelson comemora no México seu 600º torneio do PGA Tour, em 27 anos de carreira

21/02/2019

Um dos dez maiores vencedores do circuito, com 44 títulos, ainda sonha com o Grand Slam

por Ricardo Fonseca

Quando der a tacada inicial nesta quinta-feira, 21 de fevereiro, no WGC-Mexico Championship, Phil Mickelson estará comemorando mais uma marca incrível de sua carreira profissional, que acaba de completar 27 anos: este será seu 600º torneio do PGA Tour. Ele ainda está longe do recorde de Mark Brooks, hoje com 57 anos e no Champions Tour, que jogou 803 torneios, no circuito, mas certamente poucos dos que participaram de mais torneios chegaram aos 48 anos – completa 49 em junho – com o sucesso que ele teve e mantém.

Mickelson venceu seu primeiro torneio do PGA Tour em 1991, no Northern Telecom Open, ainda como amador, e graças a isso ganhou a isenção de dois anos que o colocou direto no PGA Tour, em 1992, sem necessidade de passar pela Q-Scholl. Dois anos depois, exatamente há 26 anos, no dia 21 de fevereiro de 1993, Mickelson ganhou seu primeiro torneio do PGA Tour como profissional, no Buick Invitational of California, e não parou mais.

Majors – Só depois de 22 vitórias no PGA Tour e 46 tentativas em majors, Mickelson ganhou seu primeiro torneio do Grand Slam, o Masters de 2004, e não parou mais. Já são cinco títulos de majors (venceu ainda os Masters de 2006 e 2010; o PGA Championship de 2005; e o British Open de 2013). Só outros 15 jogadores na história venceram ao menos três dos quatro majors, mas ficou faltando um para completar o Grand Slam na carreira: o US Open, onde foi cinco vezes vice-campeão (1999, 2002, 2004, 2006, 2009 e 2013), alguns perdendo o título de maneiro inacreditável. Ele foi outras seis vezes vice-campeão em majors.

Mickelson, no entanto, tem mostrado que o sonho de se tornar o sétimo jogador a completar o Grand Slam na carreira, juntando-se aos grandes (Ben Hogan, Bobby Jones, Jack Nicklaus, Gary Player, Gene Sarazen e Tiger Woods) está longe de morrer, Nos últimos 12 meses venceu dois torneios, o WGC-Mexico Championship, do qual ele defende o título esta semana, em março de 2018, e Pro-Am de Pebble Beach, apenas dez dias atrás.

Recorde – Se conseguir o título do US Open ou de qualquer dos outros três torneios do Grand Slam, Mickelson, que nasceu dia 16 de junho de 1970, tornar-se-ia o mais velho campeão de um major, suplantando Julius Boros, que venceu o PGA Championship de 1968 aos 48 anos, 4 meses e 18 dias. Old Tom Morris venceu o British Open de 1867 aos 46 anos, mas, mais recentemente, tivemos ainda Jack Nicklaus vencendo o Masters de 1986 aos 46 anos, para completar o recorde de 18 majors na carreira, e Hale Irwin vencendo o US Open de 1990, aos 45 anos.

Ao atingir o auge de seu sucesso na era Tiger Woods, Mickelson nunca conseguiu ser número 1 do mundo, mas passou 25 anos entre os Top 50 do ranking mundial de golfe (OWGR), das quais 700 semanas entre os Top 10. Ele chegou várias vezes a ser número 2 do mundo, mas a vaga de número 1 estava ocupada. Conquistas incríveis para o mais famoso destro do mundo com apelido de canhoto “Left”, já que joga dessa maneira desde que aprendeu golfe imitando o swing de seu pai, destro, como quem olhava num espelho.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados