PGA Tour: Travelers Championship terá os sete melhores do mundo. Tiger não joga

24/06/2020

Maior circuito profissional de golfe do mundo continua batendo recordes. Assista!

Travelers: Eleito pelos jogadores como o melhor torneio do ano em 2017 e 2018

por | Ricardo Fonseca

Ainda não é desta vez que Tiger Woods, hoje 14º do ranking mundial de golfe (OWGR), voltará a jogar em eventos oficiais do PGA Tour na Era da Covid-19. Mas, mesmo sem ele, o Travelers Championship, de 5ª feira a domingo desta semana, 25 a 28 de junho, no TPC River Highlands em Cromwell, no Connecticut, vai bater todos os recordes e reunir o mais forte grupo de jogadores de uma história de 68 anos, iniciada em 1952, e que desde 1984 tem a atual sede.

Nada menos dos que os sete primeiros do ranking mundial e nove dos dez primeiros estarão em campo no Travelers, que pode ser assistido ao vivo no Brasil (veja no final). A única ausência é Adam Scott, o número 8 do mundo, que mora na Austrália e se sujeitaria a isolamentos de 14 dias, tanto na ida como na volta se decidisse viajar para os EUA. A lista de jogadores inclui 15 dos Top 20 e 33 dos Top 50 do mundo, além de Jordan Spieth e Phil Mickelson. Chez Reavie defende o título. Esse é o terceiro torneio seguido, ou seja, desde a retomada das competições, que um torneio do PGA Tour reúne todos os seis melhores do ranking mundial.

Por ser jogado na semana seguinte ao U.S Open, o Travelers não costumava atrair muitos dos melhores do mundo, apesar do evento ser um dos mais bem avaliados do circuito. O US Open seria jogado esta semana, no Winged Foot, em Mamaroneck (NY), mas foi transferido para a data de 17 a 20 de setembro, já na temporada 2020/2021. A The Greater Hartford Community Foundation, que organiza o Travelers, orgulha-se de ter sido escolhida, em 2017 e 2018, por voto direto dos membros do PGA Tour, para receber o Players Choice Award, reconhecimento pelo serviço, hospitalidade, público e qualidade do campo. Em 2019 a honraria ficou para o Wells Fargo Championship.

A volta de Woods – Tiger Woods não joga em eventos oficiais desde fevereiro e tem feito mistério sobre quando voltará à atividade. Isso poderia acontecer na próxima semana, no the Rocket Mortgage Classic, em Detroit, mas é mais provável que ao tão esperado retorno do ex número 1 do mundo, que não joga desde fevereiro, só ocorra em Dublin, Ohio, que terá dois eventos seguidos no Muirfield Village: o novo Workday Charity Open, Golf Club, de 9 a 12 de julho, e o Memorial Tournament, de 16 a 19. Tiger já venceu cinco vezes o Memorial e nunca deixou de participar do torneio quando estava sem problemas físicos.

Serão sete os latino-americanos em campo esta semana, depois que finalmente o argentino Fabián Gómez conseguiu uma vaga de última hora. Na segunda-feira ele era o quinto reserva, mas houve três desistências e dois outros à sua frente receberam convite dos organizadores. Ele se junta assim a ao mexicano Abraham Ancer, que vem de um vice-campeonato no Heritage e ao chileno Joaquín Niemann, que ficou em quinto no mesmo torneio. Os outros são o argentino Emiliano Grillo, o venezuelano Jhonattan Veja, o colombiano Sebastián Muñoz, e o mexicano Carlos Ortiz.

Assista ao vivo – Além da transmissão pelo Golf Channel (5ª e 6ª) e CBS (fim de semana), nos EUA, das 16 horas às 19 horas (horários do Brasil), o PGA Tour Live (aplicativo Golf.TV) também transmite nesses horários, mas vai além, mostrando ao vivo os “Grupos de Destaque”, 5ª e 6º feira, da 7h30 às 19 horas (são mostrados dois grupos pela manhã e dois à tarde), e das 8h45 às 16 horas, no sábado e no domingo. Na quinta cedo os grupos em destaque terão Bryson DeChambeau, Rory McIlroy e Phil Mickelson; e Jon Rahm, Chez Reavie e Webb Simpson. À tarde serão mostrados Brooks Koepka, Xander Schauffele e Justin Thomas; e Dustin Johnson, Collin Morikawa e Jordan Spieth. Na sexta os horários se invertem.

Além disso, tanto no sábado como no domingo, das 16 horas às 19 horas, o Golf.TV mostra os “Buracos em Destaque”. Neles você poderá ver todos os jogadores que passaram o corte jogando nos buracos 15, 16 e 17, conhecidos como “Golden Triangle” que estão em volta de um grande lago. Um final emocionante para um campo curto, fairways estreitos, cheio de buracos em curva (doglegs), 70 bancas e água entrando em jogo em seis buracos. O GolfTV é um serviço de streaming pago, disponível no Brasil, que custa US$ 60 por ano.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Ranking Mundial: Latino-americanos ganham posições e já são 16 entre os Top 500


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados