Regras do Golfe: CEO do Tour Europeu se junta aos que pedem mudanças na Regra 10.2b (4)

05/02/2019

Ele diz que penalidade a Li Haotong, por alinhamento de putt, "foi grosseiramente injusta"

por: Ricardo Fonseca

Keith Pelley, CEO do Tour Europeu (foto), juntou-se oficialmente a dezenas de profissionais dos maiores circuitos do mundo que pedem a eliminação ao ou menos a flexibilização da Regra do Golfe 10.2b (4), que trata do alinhamento de tacadas e putts com ajuda dos caddies, o que é proibido desde 1º de janeiro, desde que haja a “intenção”, um julgamento bastante subjetivo.

O primeiro caso destoante com as novas Regras do Golfe aconteceu no green do último buraco do Dubai Desert Classic, dia 27 de janeiro, quando o chinês Li Haotong foi penalizado em duas tacadas porque seu caddie demorou alguns segundos para sair de trás dele, que já tomava o stance. Com a punição, Haotong perdeu nove posições e quase US$ 100 mil em prêmios, que deixou de receber.

Mais problemas – A situação se repetiu com Denny McCarthy, ganhador do Web.com Tour Championship de 2018, que no segundo dia do Phoenix Open, do PGA Tour, foi penalizado em duas tacadas depois que seu caddie parou atrás dele, fora do green, enquanto o jogador fazia swings de prática, para ajudá-lo a alinhar a tacada por sobre um lago. McCarthy foi penalizado em duas tacadas pela arbitragem.

No mesmo dia, Justin Thomas, o número 4 do mundo, envolveu-se em situação similar, que ele mesmo levou aos árbitros, mas a penalidade não chegou a ser dada porque o PGA Tour, em declaração oficial disse que “com o total apoio do USGA e do R&A”, a penalidade estava suspensa e que a regra seria “interpretada de acordo com as duas situações acima mencionadas, bem como situações semelhantes futuras, que não resultarão em penalidade”.

“Grosseiramente injusta” Keith Pelley, depois do torneio, saiu em defesa do jogador de seu tour e criticou duramente a Regra, sobretudo pela forma como foi redigida, pois não permitiria interpretação por parte dos árbitros. Veja a íntegra da declaração do CEO do Tour Europeu:

“Tem havido muita discussão e comentários nas últimas 24 horas sobre a penalidade de duas tacadas dadas a Li Haotong por violação da Regra 10.2b (4), no 18º green do Omega Dubai Desert Classic.”

“Deixem-me afirmar inicialmente que, sob as novas Regras do Golfe, publicadas em 1º de janeiro de 2019, a decisão tomada por nossos árbitros estava correta, sob a estrita redação das Regras. É minha firme convicção, entretanto, que o fato de não haver discrição disponível para nossos árbitros ao aplicar Regras como essas são erradas e devem ser discutidas imediatamente.”

“Todo mundo com quem conversei sobre isso acredita, como eu, que não houve má fé ou intenção de Li Haotong, nem ele obteve qualquer vantagem de suas ações de frações de segundo, ou de sua caddie. Portanto, a penalidade subsequente de duas tacadas, que o levou de terceiro para o 12º lugar, foi grosseiramente injusta, em minha opinião.”

“Numa era em que estamos nos esforçando para melhorar todos os aspectos do golfe, precisamos ter cuidado e encontrar o equilíbrio adequado entre manter a integridade do jogo e promover seu apelo global.”

“Falei pessoalmente com o diretor executivo da R&A, Martin Slumbers, para expressar minha oposição ao fato de que não haver discrição disponível para nossos árbitros em relação a essas decisões, e farei uma representação adicional para a R&A, em breve, para discutir o assunto.”

A reação das outras entidades

“Como resultado, com o total apoio do USGA e do R&A, a regra será interpretada de acordo com as duas situações acima mencionadas (as de McCarthy e Thomas), bem como situações semelhantes futuras, que não resultarão em penalidade.”
PGA Tour, em comunicado oficial

“A USGA e a R&A reconhecem que é necessária mais clareza sobre como aplicar apropriadamente essa regra. Estamos comprometidos em avaliar seu impacto e forneceremos os esclarecimentos necessários nos próximos dias.”
USGA e R&A, em comunicado oficial

Veja o que dizem os profissionais que criticam a Regra 10.2b (4)

“Deve ser uma das regras mais estúpidas que eu já ouvi falar.”
Rickie Fowler

“Eu não acho que algum jogador no Tour diria que é uma boa regra. É horrível que tenha sido aprovado dessa forma.”
Justin Thomas

“Eu acho que foi uma penalidade estúpida. Eu acho que é uma regra estúpida. Caddies alinhando jogadores desse nível não acontece no Tour.”
John Wood, caddie de Matt Kuchar, há 23 anos no PGA Tour

“Isso é ridículo. Não há nada sobre essa Regra que faça o jogo melhor.”
Justin Thomas

“Meu pai me ensinou que esse é o melhor jogo porque é um jogo de cavalheiros e você aplica penalidades em si mesmo. Agora, realmente não parece que isso ocorra. Parece que alguém decide se você está trapaceando ou não, o que está se tornando escandaloso.”
Max Homa

“Eles estão falando sobre o crescimento do jogo e jogar mais rápido e tudo mais, mas isso não está melhorando o jogo… Você está dando a alguém uma penalidade de duas tacadas por não fazer nada e não ter qualquer tipo de vantagem. Não é para isso que estamos aqui”.
Rickie Fowler

“Eu odeio a palavra ‘intenção’ porque há uma área cinzenta e eu não gosto de áreas cinzentas … acho que uma regra preto no branco é a melhor maneira de fazer isso, porque ou você quebrou a regra ou não. Esta é uma (Regra) que definitivamente precisa ser mudada e melhorada, e esperançosamente será.”
Justin Thomas

Conheça a Regra 10.2b (4)

Regra 10.2b – Outros Auxílios

(4) O Caddie Não Pode se Posicionar Atrás do Jogador.

Quando um jogador começa a tomar o stance para uma tacada e até que termine a tacada:

O caddie do jogador não pode se colocar, de maneira deliberada, em um lugar sobre, ou perto, de uma extensão da linha de jogo atrás da bola por qualquer motivo.

Se o jogador tomar o stance infringindo esta Regra, ele não pode evitar a penalidade, ainda que tenha saído da posição.

Exceção – Bola no Green: Quando a bola do jogador está no green, não há penalidade sob esta Regra se o jogador sair do seu stance e não reiniciar a tomar o stance novamente até que o caddie tenha se movido daquela posição.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados