Tiger vence Phil em jogo beneficente que arrecadou US$ 20 milhões para o combate à Covid-19

25/05/2020

Eles formaram dupla com Manning e Brady, dois dos mais famosos quarterbacks da NFL

Phil, Brady, Manning e Tiger: arrecadação recorde para combater a pandemia: Foto: Mike Ehrmann/Getty Images for The Match

por| Ricardo Fonseca

Debaixo de um aguaceiro, que deu algumas tréguas mas também caiu forte e atrasou o início do jogo, Tiger Woods e Phil Mickelson disputaram o torneio beneficente Capital One’s The Match: Champions for Charity, jogando em duplas, respectivamente, com Peyton Manning e Tom Brady, dois dos maiores quarterbacks da história da NFL, o circuito profissional de futebol americano dos EUA. O jogo disputado neste domingo, a partir da 15 horas, no Medalist Golf Club, campo particular da Flórida que Tiger e vários outros pros adotaram como seu, foi transmitido ao vivo para o Brasil pela CNN Internacional.

Partindo de US$ 10 milhões, oferecidos pelos patrocinadores, o valor arrecadado pelo evento para o combate à pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, o SARS-CoV-2, a arrecadação chegou a US$ 20 milhões, graças às doações de outras empresas e pessoas físicas, entre elas muitos profissionais de golfe, como Justin Thomas, que trabalhou como repórter de campo, e Brooks Koepka, o número 1 do mundo, que escreveu para os organizadores para ofertar US$ 100 mil caso Brady, marido de Gisele Bundchen, que vinha sendo um desastre em campo até aquele momento, fizesse um par nos primeiros nove buracos.

Brincadeiras – Brady, que tem seis títulos do Super Bowl, mais do que qualquer quarterback da história da NFL, respondeu a essa e outras dezenas de brincadeiras nas mídias sociais – e também à de Charles Barkley, que transmitia o jogo no local e ofereceu duas vezes US$ 50 mil caso o parceiro de Phil, acertasse o green de um par 3, calou a boca de todos.

Depois de uma tacada de penalidade para voltar ao campo, Brady bateu o quarto tiro de umas 100 jardas no buraco 7, de par 5, e viu sua bola passar a bandeira e pegar o caminho de volta para dentro de buraco. “Cale a boca, Chuck”, vingou-se Brady, que como todos os demais usava microfone para conversar com os demais jogadores e repórteres durante todo o jogo.

Vitória – Apesar dessa jogada, a dupla Tiger Manning venceu por 1 up. Eles começaram ganhando três dos primeiros seis buracos da primeira metade do campo, jogada na modalidade Best Ball (melhor bola da dupla). Tiger fez birdie no buraco 3, de par 5, e Manning fez birdie no 4, de par 3, antecipando-se a Woods que tinha deixado a bola a 1,5 metro da bandeira. No 6, novo birdie de Manning, que deu dois putts de fora do green.

Phil e Brady reagiram nos segundos nove, jogados em tacadas alternadas a partir do melhor drive da dupla (os amadores jogaram de tees mais à frente). No 11, um par 4 curto, Phil acertou o green com um drive de 342 jardas e Brady embocou de longe para eagle, reduzindo a desvantagem para 2 down. No 14, outro par 4, Manning errou de meio metro, mas Brady embocou para birdie, para deixar a dupla perdendo apenas por um buraco, mais foi só. Após mais quatro buracos empatados, Tiger e Manning venceram por 1 up. Num confronto anterior entre ambos, no final de 2018, Phil venceu Tiger no playoff.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Ranking Mundial: Latino-americanos ganham posições e já são 16 entre os Top 500


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados