WAGC: equipe da Federação Paulista de Golfe conquistou três Top 10 para o Brasil, na Malásia

25/11/2017

Mundial Amador com Handicap terminou nesta sexta. Time viajou com tudo pago para Kuala Lumpur

 

*Resultados atualizados conforme publicação dos organizadores

Luiz Augusto Pereira de Almeida, o Gugu, do São Paulo Golf Club, Sueli Miyuki Horii, do Paradise, e Denis Song, do Clube de Golfe de Campinas, foram os destaques da equipe da Federação Paulista de Golfe (FPG) que representou o Brasil no World Amateur Golfers Championship (WAGC) 2017, jogado em quatro campos de Kuala Lumpur, na Malásia de terça a sexta-feira, 21 a 24 de novembro.

Gugu conseguiu o melhor resultado do time ao empatar em terceiro lugar na categoria com até 5 de handicap, só perdendo o troféu nos critérios de desempate. Gugu somou 297 (78-72-75-71) tacadas, o mesmo que Samir Bedi, de Singapura, que levou o troféu por ter jogado melhor no campo do Kota Permai Golf & Country Club, primeiro critério de desempate, onde marcou 71 contra 79 de Gugu. Todos jogaram ainda nos campos do The Mines Resort & Golf Club, Templer Park Country Club e Long Golf & Country Club.

Mais Brasil – Já Miyuki, única mulher do time, ficou em oitavo lugar entre os de handicap de 11 a 15, com 308 (72-75-79-82) tacadas. Ronni Fratti, por sua vez, jogou 64 na rodada final para terminar em sexto, entre os de handicap de 16 a 20, com 305 (90-75-76-64). Os outros dois jogadores, também, do Clube de Golfe de Campinas, foram Denis Song, 17º entre os de handicap de 11 a 15, com 318 (75-77-85-81) tacadas; e Nélcio Carlos do Amaral, 12º na 21 a 25, com 309 (76-86-79-68). Os resultados de todas as categorias são net, descontado o handicap.

Na classificação por equipes, divulgada só neste sábado, o Brasil melhorou bastante no último dia para terminar em nono lugar, com 1201 (325-290-300-286) tacadas, uma na frente da Áustria, que teve 1202. Vietnã ganhou com 1166 (305-291-298-272), seguido por Indonésia, com 1172 (293 296 290 293) e Eslovênia, com 1173 (320-287-287-279)

Invitational – Houve ainda o WAGI (World Amateur Golfers Invitational), não oficial, onde Matheus Oliveira, do Damha, ficou em terceiro entre os de 11 a 15, com 308 (79-72-85-72) tacadas, e em 22º lugar na competição de duplas, ao lado do paraguaio Juan Ramirez. A delegação foi chefiada por Paulo Pimentel, da Golfe & Cia, parceira da FPG no WAGC no Brasil. A equipe viajou com tudo pago pela FPG, incluindo avião, hotel 5 estrelas, inscrição e alimentação.

 

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados