Aberto Feminino do Gávea estreia, a partir desta terça-feira, como evento do ranking mundial

11/07/2017

Lauren Grinberg e as irmãs Laura e Luiza Caetano são as favoritas, ao lado de Fernanda Lacaz

Gavea vista do green do 7

 

Uma das mais lindas vistas do Gávea, a partir do green do 7, com o green do 6, entre as bancas, no centro, o green do 4, sob as palmeiras, ao fundo, e as Ilhas Cagarras

Texto e Foto: Ricardo Fonseca/F2 Comunicação

Tendo como destaques Lauren Grinberg, do Lago Azul, e as irmãs gêmeas Laura e Luiza Caetano, de Brasília, o Campeonato Aberto Feminino do Gávea Golf & Country Club começa a ser jogado nesta terça-feira, 11 de julho, no Rio de Janeiro, com um novo status, a de torneio válido para o ranking mundial amador, além de contar pontos para o ranking brasileiro. As três “L” (Lauren, Laura e Luiza) são as únicas das nove brasileiras com pontos no ranking mundial que participam da competição que prossegue até quinta-feira, 13 de julho.

A rodada desta terça-feira é apenas para as 13 jogadoras com handicap índex até 16, que disputam, em 54 buracos, os títulos scratch e o de sua categoria, além dos pontos para os rankings mundial e brasileiro. Quarta e quinta-feira jogam 33 golfistas com índex de 16,1 a 28,2; e nove de 28,3 a 33,2, estas na modalidade stableford, de soma de pontos. Ambas as categorias jogam 36 buracos, valendo para o ranking da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro (FGERJ), que organiza a competição juntamente com o Gávea Golf e a Confederação Brasileira de Golfe.

Destaques – Além das três “L”, há outros destaques na competição principal, a começar pela juvenil Fernanda Lacaz, do São Fernando, que recentemente surpreendeu Lauren e outras favoritas para vencer o Aberto Feminino do São Paulo Golf Club. Também são destaques a indonésia radicada no Brasil Meidy Gama, número 6 do ranking nacional e líder do ranking da FGERJ, que joga em casa, e Thuane Oliveira e Vitoria Monteiro, do campo público de Japeri, que são as número 2 e 3 do Rio de Janeiro. Thuane, Vitoria e Meidy foram as três primeiras, respectivamente, do Aberto de Búzios, no final de maio.

Outro destaque é o campo do Gávea, encravado entre a montanha e a Pedra da Gávea e a praia de São Conrado, um dos mais bonitos do mundo. Apesar de curto, com par 69 (34-35) e 5.094 jardas dos tees vermelhos, e 4.520, dos tees amarelos, onde jogam apenas as de handicap índex mais alto, o Gávea tem um percurso sinuoso, com muitas subidas e descidas, e desafiador que exige precisão e cautela, uma vez que os erros costumam cobrar mais do que uma tacada. São apenas três buracos de par 5, dois deles na primeira metade do campo, e seis de par 3, sendo que cinco deles nos dez primeiros buracos.

Apoios – O Campeonato Aberto Feminino do Gávea Golf & Country Club, que termina quinta-feira com um almoço de confraternização e entrega de prêmios, tem apoios de Granado, Sucrégolf, ADCOS Cosmética de Tratamentos, Christian Dior, Golf Travel, Laroche-Posay, Skin Ceuticals, Vichy, Stewart Engenharia e Participações.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • comandatuba-aerea-divulgacao

    Turismo

    Golf Travel comemora prêmio Top 10 com pacotes a preços incríveis para Comandatuba

  • podio feminino

    Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados