Interclubes: São Paulo vence de ponta a ponta, com São Fernando vice

30/11/2015

Bastos, campeão da Divisão A, e Clube de Campo, o vice, sobem para a Especial. Ipê cai

São Paulo, campeão da Divisão Especial do Interclubes Scratch comemora título no terraço do São Fernando

por: Ricardo Fonseca

Comandados por Pedro da Costa Lima, o Pepê, e por Fred Biondi, que jogaram 67 e 71, os melhores resultados individuais de um domingo muito chuvoso, o São Paulo Golf Club venceu de ponta a ponta o 26º Torneio Interclubes Masculino Scratch do Estado de São Paulo, jogado desde sexta-feira, no São Fernando Golf Club, em Cotia (SP). O São Paulo teve ainda Marcelo Gullo e Tito Mantovanini que jogaram 66, o melhor resultado das duplas do primeiro dia; Pedro Marchioni e Felipe Rossi. Pepê e Biondi fizeram o melhor resultado das duplas do segundo dia, com 72.

Nas fotos ao lado, de cima para baixo: Beth Buny, diretora social, e a capitã Lúcia Mendonça entregam o prêmio de vice-campeão a Rodrigo Somlo, capitão do time do São Fernando; o time de Bastos, campeão de ponta a ponta da Divisão A; e Carlos Cândido, capitão do time do Clube de Campo, recebendo o troféu de vice-campeã de Beth e Lúcia.

O São Fernando, que jogava em casa, começou o terminou em segundo lugar. Rodrigo Somlo, Jack Huang, Vinicius Costa, Satoshi Hirose e Felipe Gama defenderam o time da casa. Tanto a dupla Somlo/Huang, com a Gama/Costa, jogara 67 no primeiro dia. No segundo, Somlo e Gama pontuaram com 72, igualando a melhor marca do dia para permanecer em segundo, uma tacada atrás do São Paulo. No individual, Gama (77), Satoshi (78) e Somlo (78), foram os melhores, mas não tiveram como ameaçar o título do São Paulo.

Modalidades– O torneio foi a somatória de dois dias de duplas – o primeiro de melhor bola e o segundo de rodadas alternadas -, e a rodada final de jogos individuais. A cada dia os clubes podiam inscrever quatro jogadores, valendo o resultado da melhor dupla do time nos dois primeiros dias, e os dois melhores resultados individuais do domingo. O São Paulo venceu com 355 tacadas, conta 372 do São Fernando e 385 do Damha.

São José, bicampeão do Interclubes com Handicap, e que tentava também o bicampeonato no Interclubes Scratch, ficou apenas em quarto lugar, com 388, seguido por Baroneza e Guarapiranga, com 401. O Ipê, sétimo e último colocado, com 404, foi rebaixado para a Divisão A, em 2016, juntamente com o Arujá, que não se apresentou para jogar.

Divisão A – Na Divisão A, o Bastos GC venceu de ponta a ponta, graças ao desempenho de Denis Kakimoto, o melhor do domingo, com 71 tacadas e Leonardo Yoshikawa, que jogou 74. Eles formaram também a dupla que fez os melhores resultado nos dois primeiros dias. Bastos teve ainda Kendall Dunn e Nicolau Valente.

Roberto Gomez, que jogou 72, o segundo melhor resultado do grupo no domingo foi o destaque do Clube de Campo, ao lado de Carlos Cândido (80), Joaquim Thrane (81) e seu filho Sebastian Thrane (82). Bastos somou 224 tacadas contra 233 do Clube de Campo. As duas equipes passam para a Divisão Especial em 2016. A seguir terminaram Paradise (399), PL (405), Japy (409), Ibiúna (441) e Santos São Vicente (461).

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados