L’Occitane au Brésil Amador: foram necessários dois playoffs para decidir medalhas por equipes

05/03/2018

Semana do Golfe e Música em Trancoso recomeça 5ª feira com o 7º L´Occitane en Provence Open

 

Caristoneto Santos, Francisco Mattos, Délio Malheiros e Paulo Nascimento ganharam o título no playoff. Veja, no final, todas as fotos das premiações. Fotos: Thais Pastor/F2 Comunicação

Foram necessários dois playoffs para definir os vencedores das medalhas de ouro, prata e bronze da competição por equipes que encerrou o L’Occitane au Brésil 1º Amador de Golfe, neste domingo, 4 de março, no Terravista Golf Course, em Trancoso, na Bahia. Esse evento, que começou com uma competição individual, no sábado, 3, foi o primeiro da semana do Golfe e Música, que prossegue de quinta-feira a sábado, 8 a 10 de março, com o 7º L’Occitane en Provence Golf Open.

Juntos, o L’Occitane au Brésil Amador e o L´Occitane en Provence Open são o maior evento de golfe do Nordeste brasileiro, com 160 participantes, e também uma das atrações desse esporte mais procuradas do Brasil, tendo suas vagas esgotadas com dois meses de antecedência. Quem não conseguiu jogar no Golfe e Música terá logo outra oportunidade de competir no Terravista, com o Aberto de Trancoso 2018 que terá organização da Golf Travel e será jogado durante o feriado prolongado de Corpus Christie de 31 de maio a 3 de junho. Reservas abertas.

Medalhas – A competição por equipes do L’Occitane au Brésil Amador foi jogada na modalidade stroke play net, melhor bola, valendo 50% do handicap do melhor dos quatro jogadores de cada time. Duas equipes empataram em primeiro, com 58 tacadas, e outras duas em terceiro, com 60. Os desempates, como já tradicional no Golfe e Música, foram feitos com um desafio de bola mais perto da bandeira, com todos de cada time batendo para um dos greens do driving range, em frente à sede.

O primeiro lugar ficou para o time de Caristoneto Santos, Francisco Mattos, Délio Malheiros e Paulo Nascimento. A equipe de Ênio Rossati, Nelson Lissot, Karin Notter e Celso Coelho foi a vice-campeã. Na decisão do terceiro lugar, quem levou a melhor foi o time de Florinda Barreto, Ildo Bet, Humberto Monte Neto e Paulo Armani, que superou o de Hector Ariza Diaz, Reginaldo Liberato, José Humberto Castro e Alexander Notter.

Premiação – A entrega dos prêmios das duas competições – a individual, de sábado, e a de equipes, deste domingo – foi feita durante um coquetel na sede do Terravista, com a presença de Neuza Azevedo, presidente da Federação Baiana e Capixaba de Golfe (FPCG), de sua vice, Florinda Barreto, e de Carlo Lovatelli, presidente do Terravista, que agradeceu a todos os participantes pelo sucesso do evento, e à sua equipe, formada pelo profissional Anísio Santos e o gerente Glauco Doebeli, pela organização impecável e o excelente estado do campo, elogiado por todos.

Na ocasião, foram entregues também os prêmios individuais, incluindo os de campeões gerais do torneio de sábado, que ficaram para Denise Santos e Paulo Armani, que venceu, num playoff contra Humberto Monte Neto, uma das competições do Golfe e Música pela terceira vez em quatro anos. Veja aqui a reportagem completa sobre a competição individual, que reuniu jogadores de sete estados brasileiros (RS, SC, PR, SP, MG, GO e BA) além de visitantes da França, Suíça, Holanda, Coréia, China, Israel, Taiti, África do Sul e Itália.

7º L’Occitane en Provence Open – De segunda a quarta-feira desta semana (5 a 7) o campo estará aberto para todos os jogadores que quiserem desafiar um dos melhores e mais bonitos campo do continente, sobretudo seu cartão postal, o buraco 14m de par 3, jogado de um lado para outro das falésias. Na quinta-feira será o dia de treinos livres para o 7º L’Occitane en Provence Golf Open, que terá jogos na sexta-feira, 9 de março (individual) e no sábado, 10 (equipes). A semana do Golfe e Música termina com o coquetel de premiação das premiações do segundo evento, logo após o termino dos jogos por equipes.

O L’Occitane au Brésil 1º Amador de Golfe e o 7º L’Occitane en Provence Golf Open têm patrocínios master da L’Occitane au Brésil e da L’Occitane en Provence, além de patrocínios da Stella Artois e Curaprox. Os apoiadores são a Golf Travel, responsável pela venda dos pacotes do Golfe e Música em Trancoso; o Terravista Vilas Hospitality; e a Federação Baiana e Capixaba de Golfe.

Festival – Desde sábado, 3, quando foi aberto o sétimo ano do festival internacional Música em Trancoso, o Teatro L’Occitane, com duas plateias, uma superior, a céu aberto, e outra abaixo desta, cada uma com capacidade para 1.200 pessoas, tem estado lotado para as apresentações de música erudita e popular. Esse evento, que já se tornou um dos principais do calendário internacional de música, tem produção da Associação Música em Trancoso em parceria com o Instituto Mozarteum Brasileiro.

Este ano, estão presentes grandes músicos nacionais e internacionais, junto a duas orquestras brasileiras: a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, com regência do maestro Carlos Moreno, e a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, com regências de Eliseu Ferreira e Benoît Fromanger. A programação variada, inclui Concertos Sinfônicos, Breakdance, Divas do Rock, Jazz & Soul, Música de Câmara, Musicais da Broadway e Óperas.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados