Torneio Juvenil de SP/Brasil Kids – João Bosseto e Isu Choi são campeões na Boa Vista

14/02/2022

Ben Choi e Gabi Hitoshi vencem na pré-juvenil. Kids fazem seis voltas abaixo do par

Bosseto, Miyata, Isu e Marina: Destaques da abertura do calendário juvenil de São Paulo. Fotos: Thais Pastor/F2 Assessoria

João Bosseto, do Arujá, e Isu Choi, do Terras de São José, venceram de ponta a ponta a primeira rodada do Torneio Juvenil do Estado de São Paulo, disputada paralelamente às duas primeiras rodadas do São Paulo Local Tour de Outono do Brasil Kids Golf Tour, neste final de semana, 12 e 13 de fevereiro, no campo 1 da Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz (SP). Na categoria pré-juvenil dos títulos, também ganhos de ponta a ponta, ficaram para Ben Choi, irmão de Isu, do Terras de São José, e para Gabi Castro, do São Fernando.

Veja mais de 450 fotos exclusivas do torneio

Bosseto venceu de ponta a ponta, com 150 (76-74) tacadas, seis acima, mas sempre pressionado por Pedro Miyata, do São Fernando, que foi vice com 152 (78-74). No segundo dia, ambos jogaram 74 tacadas, duas acima, excelente resultado para quem joga nos tees mais longos do sinuoso, técnico e difícil percurso do campo 1 da Boa Vista, que já recebeu dois torneios do PGA Tour Latinoamérica, sobretudo em dias quentes e abafados, como os deste final de semana, o que exigiu muito do físico dos juvenis, que carregam suas próprias bolsas. Neste domingo, os dois ainda disputaram um desempate pelo título da segunda rodada do Kids, vencido por Miyata.

Na categoria juvenil (16 a 18 anos), como os prêmios não são acumuláveis, Miyata levou o troféu de campeão, com Guilherme Ziccardi, do Clube de Campo, que somou 155 (78-77), sendo o vice. A seguir terminaram Thomaz Costa, do Japy, com 162 (80-82) e Leonardo Takeshi, do Clube de Campo, com 167 (85-82). Na pré-juvenil, Yoonie “Ben” Choi foi campeão com 167 (86-81) tacadas, seguido por Eduardo Nonaka, do Arujá, com 180 (94-86); Felipe Leal Friedheim, do Caxangá (PE), com 187 (93-94); e Leo Freeland, do Riacho Grande, com 199 (100-99).

Feminino – Isu Choi não jogava no Brasil havia dois anos e passou a última temporada competindo no dificílimo e concorrido circuito juvenil da Coréia, que reúne mais de 100 golfistas por categoria e tem corte já no primeiro dia. Isu colocou uma mão na taça logo na rodada de abertura, quando jogou 69 tacadas, três abaixo, e abriu dez tacadas de vantagem sobre Marina Nonaka, a número 1 do Brasil. Marina reagiu no segundo dia, quando jogou uma abaixo, para ser a segunda e última a quebrar o par do campo em todo o torneio, mas só reduziu a desvantagem pela metade.

Isu venceu com 145 (69-76) tacadas, uma acima, contra 150 (79-71) de Marina. Gabriela “Hitoshi” Castro ficou em terceiro na geral, com 155 (77-78), seguida por Hyunyoo “Matilda” Choi, do Terras de São José, com 161 (79-82); Maria Eduarda Ferraz Souza Arujá, do Arujá, com 172 (87-85); Gabriele Matos Rodrigues, do Arujá, com 177 (87-90); e Iasmin Ribeiro Junqueira, do Poços de Caldas (MG), com 184 (99-85). Na categoria juvenil, como os prêmio não são acumuláveis, o troféu de campeã foi para Marina, com Iasmin vice. Na pré-juvenil, Gabi foi a campeã, com Gabriele vice. E na até 14 anos, o título foi para Matilda Choi, com Maria Eduarda vice.

Kids – Na rodada dupla do Brasil Kids, com premiações independentes para sábado e domingo, houve vários destaques, a começar pelos oito jogadores que venceram duas vezes no final de semana: Lucas Imperatriz (9 anos), Luca Almeida (10 anos), Rafael Benesi (11 anos) e Gustavo Giacometti (12 anos), no masculino; e Laura Biccari (8 anos), Luana Biccari (9 e 10 anos), Maria Antônia Gavião (11 e 12 anos) e Gabi Castro (13 e 14 anos).

Os desempates também foram uma atração à parte, como o da categoria 15 a 18 anos masculina, onde Miyata carimbou o título do Juvenil de SP de Bosseto. Mas não houve mais equilíbrio do que a disputa pelos títulos kids femininos da categoria 9 e 10 anos, onde a paraguaia Laura Biccari e Alexa Alonso, de Barueri (SP) empataram tanto no primeiro como no segundo dia, sempre com 39 tacadas (+3). No sábado Laura precisou de dois buracos extras para vencer, mas no domingo foram jogados sete buracos de desempate até a paraguaia levar mais um título.

Abaixo do par – Outro destaque do Brasil Kids foram as seis rodadas abaixo do par, sendo quatro masculinas e duas femininas, além do par de campo conseguido por Leonard Kamrath, de apenas cinco anos, que joga na categoria até 6 anos. Quem conseguir duas rodadas abaixo do par nos seis torneios do Tour de Outono do Brasil Kids, que terá ainda mais duas rodadas duplas, ganha status para jogar no Mundial Kids, em Pinehurst, na Carolina do Norte (EUA) no meio do ano. Uma volta no par e outra abaixo dá status condicional para o Mundial.

O melhor resultado em relação ao par da semana foi de Lucas Imperatriz, no domingo, que mesmo sendo o único de sua faixa etária conseguiu motivação para jogar 32 tacadas, quatro abaixo, conseguidas com dois birdies e um eagle no buraco final, um par 5, aonde chegou com a segunda ao green. Dois outros meninos conseguiram 33, três abaixo, ambos no domingo: Luca Almeida, que fez um eagle-3 no segundo buraco, dois birdies e um bogey no 9; e Pedro Wilhelm, que fez três birdies numa volta sem bogeys.

Quem também jogou três abaixo (69) foi Isu Choi, no sábado. Ele começou jogando duas acima, com bogeys seguidos no 6 e no 7, mas reagiu com cinco birdies, três deles consecutivos, mais um no buraco final. Marina Nonaka foi a outra única mulher a quebrar o par do campo com uma volta de 71, uma abaixo, no domingo, quando fez cinco birdies, mas também dois bogeys, um num par 5, além de um duplo bogey-7. A outra volta abaixo do par foi o 71 (-1) de Gustavo Giacometti, da 12 anos, no domingo, quando se redimiu de quatro bogeys com cinco birdies, três deles nos três buracos finais.

Diversidade – A rodada dupla do Brasil Kids na Fazenda Boa Vista reuniu jogadores de sete estados, além de três do exterior. Participam do evento 83 golfistas de até 18 anos, sendo 58 meninos e 25 meninas, representando os estados de São Paulo (63), Distrito Federal (6), Paraná (4), Rio Grande do Sul (3), Rio de Janeiro (2), Minas Gerais (1) e Pernambuco (1), além de representantes dos Estados Unidos (1), Canadá (1) e Paraguai (1). Os jogadores podem competir nos dois torneios (Juvenil e kids) ou apenas em um deles. No Kids, todos com até 10 anos jogam nove buracos por dia. Os de 11 anos ou mais jogam 18 buracos.

O calendário juvenil paulista prossegue no final de semana de 19 e 20 de março, com a segunda rodada do Torneio Juvenil do Estado de São Paulo e as rodadas 3 e 4 do Local Tour de Outono de São Paulo do Brasil Kids Golf Tour. A rodada de sábado será jogada no Quinta da Baroneza Golf Club, em Bragança Paulista (SP), e a de domingo no Fazenda da Grama Golf & Country Club, em Itupeva (SP).

As etapas finais do Tour de Outono do Brasil Kids serão dias 9 e 10 de abril, no Lago Azul, junto com a terceira rodada do Torneio Juvenil de SP. O Brasil Kids, parceiro da FPGolfe, tem patrocínios de G5 Partners, Polares e Bibs. A Federação Paulista de Golfe tem patrocínio institucional da Mazars.

Resultados do Tour Juvenil de SP

Resultados Brasil Kids de sábado

Resultados Brasil Kids de domingo

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Aproveite o acordo entre a Pousada Travel Inn Trancoso e o Terravista Golf Course

  • Golfe 2016

    Jogos de Tóquio: Nelly Korda leva susto, mas vence por uma e dá aos EUA seu segundo ouro no golfe


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados