Vitória de Tiger no Masters fez subir muito mais do que as ações da Nike, seu patrocinador

17/04/2019

Toda a Indústria do Golfe já começou a se beneficiar da exposição do esporte na mídia

por | Ricardo Fonseca

A vitória de Tiger Woods no Masters, encerrando jejum de 11 anos em majors, teve um efeito imediato no mercado de ações dos EUA. No dia seguinte ao titulo, as ações da Nike subiram quase 1%, empurradas pela exposição da marca na mídia – não só de golfe. Exposição espontânea de marca que o Apex Marketing Group, empresa de consultoria de marcas, avalia ter superado os US$ 22 milhões, apenas no domingo.

Mas não foi só a Nike a se beneficiar do bombardeio de imagem de Tiger nas tevês, jornais e revistas de todo o mundo, incluindo o Brasil, onde todos os jornais – aquele que mal falam de golfe – noticiaram sua vitória com destaque. As ações da Monster Beverage Corp, marca de bebidas energéticas que tem seu logo na bolsa de Tiger, subiram quase 2%.

Efeito cascata – Muitas outras empresas da Indústria do Golfe, mas não ligadas diretamente a Tiger Woods, também se beneficiaram. A Callaway Golf Co., fabricante de tacos, viu suas ações subirem 1.5%, e as da Acushnet Holdings Corp., que produz bolas e outros equipamentos de golfe, tiveram alta de 1,7%.

Surpresa? Não! Há seis anos, o analista econômico Sam Weinman publicou um artigo na revista Golf Digest, que incluía um gráfico (ao lado) resumindo a estranha e curiosa relação entre os sucessos e insucessos de Tiger Woods e as flutuações da Nasdaq, a maior bolsa de valores do planeta em número de ações transacionadas e em número de negócios, que concentra ações de empresas de alta tecnologia. E isso desde que o agora ganhador de 15 majors virou profissional, em 1996: “Hello, World!”

Otimismo – Coincidência? Provavelmente é. Mas Gary Kaminsky, editor de Marcado de Capitais da CNBC, explicou, na época, por que poderia haver algo de bem verdadeiro nessa relação entre as vitórias de Tiger e as subidas da Nasdaq: “Se você quiser tirar algumas conclusões, os participantes do mercado de ações que são ávidos fãs de golfe tornam-se mais agressivos e otimistas em pensar sobre seus investimentos quando Tiger vencer um torneio”.

Veja o artigo de Sam Weinman, na íntegra, em inglês.

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados