COVID-19 leva cinco profissionais a desistir de jogar hoje no Travelers, do PGA Tour

25/06/2020

Apenas um de deles teve teste positivo, mas dois caddies foram diagnosticados com a doença

Brooks: ele e o irmão desistiram de jogar por precaução e se colocaram em quarentena voluntária, depois de caddie ser diagnosticado com COVID-19

por | Ricardo Fonseca

Em apenas 24 horas o Travelers Championship, do PGA Tour, que começa nesta quinta-feira, 25 de junho, no TPC River Highlands, em Cromwell, no Connecticut, perdeu cinco jogadores por causa da pandemia de Covid-19 a doença provocada pelo novo coronavírus, o SARS-Cov-2. Mas apenas um deles, além de caddies de dois jogadores deste grupo, foram diagnosticados com Covid-19 nos testes feitos regularmente, desde o recomeço, duas vezes por semana, antes dos eventos pelo PGA Tour.

A ausência mais sentida será a de Brooks Koepka, o número 2 do mundo, que desistiu de jogar depois que seu caddie, Ricky Elliott, testou positivo ontem, quarta-feira. Chase Koepka, irmão mais novo de Brooks, que ganhou vaga no monday qualifying, desistiu pelo mesmo motivo, o receio de ter se contaminado no convívio com o caddie. O norte-irlandês Graeme McDowell, o G-Mac, campeão do US Open de 2010, também desistiu de jogar depois que seu caddie, Ken Comboy, testou positivo.

Cautela – Webb Simpson, campeão do Heritage, no último domingo, desistiu do Travelers por precaução, enquanto Cameron Champ foi o único forçado a desistir, por ser o segundo jogador do PGA Tour em duas semanas a testar positivo. Na semana passada, no Heritage, Nick Watney tornou-se o primeiro jogador do PGA Tour a testar positivo para COVID-19, mas isso só na sexta-feira, depois de ter jogado normalmente da quinta e só na manhã seguinte procurar o médico por estar com sintomas da COVID-19.

Brooks anunciou que irá fazer quarentena por conta própria e ficar duas semanas fora das competições. “Eu estou levando isso muito a sério e não quero colocar em risco a saúde de ninguém”, explicou o número 2 do mundo. Chase Koepka também prefere não colocar ninguém em risco, já que pode ter se contaminado com a proximidade com o irmão e seu caddie. “Eu e toda minha equipe testamos negativo, mas tivemos contato com outros contaminados e, por isso, acredito estar tomando a decisão certa para deixar todos os demais em segurança”.

Quarentena – Simpson, que testou negativo, disse que no dia anterior um membro de sua família foi diagnosticado com COVID-19 e por isso, iria se colocar em quarentena voluntária, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias. “Tenha a responsabilidade de não só proteger minha família, como meus companheiros de jogo”, explicou o campeão do Heritage, que voltou para sua casa e só pretende jogar depois de 15 dias.

Jay Monahan, comissário do PGA Tour, disse que embora a entidade tenha sido “minuciosas na construção e implementação de um programa que mitigue o máximo possível o risco, sabíamos que seria impossível eliminar todos os riscos, conforme evidenciado pelos três testes positivos desta semana”, disse. “Precisamos usar esses casos como um lembrete para todos os envolvidos, pois continuamos aprendendo do ponto de vista operacional”.

Ajustes – “Estamos fazendo vários ajustes em nosso plano de saúde e segurança, conforme observado no memorando enviado aos jogadores nesta manhã, e reforçaremos continuamente todos os jogadores, caddies, funcionários e pessoal de apoio nos eventos da PGA Tour para aderir às ações sociais profissionais de segurança e distanciamento que minimizam ainda mais os riscos”, completou Monahan, que no entanto classificou as decisões dos Koepkas, G-Mac e Simpson como “excesso de cautela”.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Ranking Mundial: Latino-americanos ganham posições e já são 16 entre os Top 500


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados