Aberto Feminino do Gávea: Laura Caetano, de Brasília, amplia vantagem para seis tacadas

12/07/2017

Lauren Grinberg, do Lago Azul, sobe para segundo, seguida por Meidy Gama, que joga em casa

 

 

Laura Caetano: melhor resultado da semana nos nove buracos finais do Gávea, para colocar uma mão na taça, Foto: Thais Pastor

Num dia onde nenhuma pretendente ao título conseguiu melhorar o resultado da véspera, Laura Caetano, de Brasília, jogou 77, oito acima do par, nesta quarta-feira, 12 de julho, e ampliou de uma para seis tacadas a sua vantagem na liderança do Campeonato Aberto Feminino do Gávea Golf & Country Club, no Rio de Janeiro, que passa a valer, a partir deste ano, para o ranking mundial amador de golfe, além de contar pontos para o ranking brasileiro. Nesta quarta-feira entraram em campo as jogadoras das categorias com handicaps acima de 16, que jogam apenas dois dias, na modalidade stableford, de soma de pontos. O torneio termina nesta quinta-feira, 13, com um almoço de confraternização e entrega de prêmios.

Laura, a mais bem colocada do ranking mundial de golfe em atividade no Brasil e que acaba de assumir a vice-liderança do ranking nacional, jogou oito acima de ida, mas fez o par na segunda metade do campo, onde embocou os seus dois únicos birdies do dia, para somar 153 (76-77) tacadas, 15 acima no total. Lauren Grinberg, do Lago Azul, número 1 do Brasil, também piorou uma tacada em relação à véspera, mas subiu para o segundo lugar, com 159 (79-80), 21 acima, empurrando a favorita local e número 1 do Rio, a indonésia Meidy Gama, radicada no Brasil, para o terceiro lugar, com 161 (77-84), vítima de quatro duplos bogeys, em sua volta sem birdie.

Destaques – A juvenil Fernanda Lacaz, do São Fernando, que acaba de surpreender Lauren e outras favoritas para vencer o Aberto Feminino do São Paulo, repetiu o resultado da estreia e está em quarto lugar, com 162 (81-81), a apenas uma tacada de um lugar no pódio. As duas revelações do campo público de Japeri vem a seguir: Thuane Oliveira, em quinto, com 1624 (82-82), e Vitoria Monteiro, em sexto, com 169 (82-87).

Elas também competem na categoria com handicap índex até 16, onde Meidy lidera com 143 (+5) tacadas, seguida por Jacqueline Lippi, de Teresópolis, com 145; Laura, com 145; Fernanda, com 146; Vitoria, com 147; e Thuane, com 150.

Stableford – Nesta quinta entraram em campo as jogadoras de handicaps acima de 16, que jogarão apenas 36 buracos. Na 16,1 a 28,2, Luli Aranha Fraga lidera com 37 pontos, seguida por Inês Nogueira, com 34, e por Xênia Von Góes, com 33. A capitã Elena Sung, a anfitriã, também joga nessa categoria, que teve a estreia em torneios no Rio de Jane Giltrup, da Academia GolfRange Campinas, que só não pontuou em cinco buracos do campo e terminou em 12º lugar, entre 31 jogadoras, com 26 pontos.

Na 28,3 a 33,2, Denise Araripe e a japonesa Hisako Tsujomoto dividem a liderança, com 33 pontos. A chinesa Chin Pi Tsai vem em terceiro, com 30 pontos, seguida por Jane Canzi, com 29, e pela argentina Alícia Ramal, com 25.

Apoios – O Campeonato Aberto Feminino do Gávea Golf & Country Club tem apoios de Granado, Sucrégolf, ADCOS Cosmética de Tratamentos, Christian Dior, Golf Travel, Laroche-Posay, Skin Ceuticals, Vichy, Stewart Engenharia e Participações.

Clique aqui para ver os resultados completos.

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Golfe e Música em Trancoso: reserve já e não perca os mais concorridos torneios do ano

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados