FRGG substitui toda a diretoria eleita por unanimidade, em dezembro do ano passado

24/05/2017

Ricardo Ilha Moreira é o novo presidente, tendo Hilton Couto e Fabio Prates como vices

 

Hlton Couto Filho, Ricardo Ilha Moreira e Fabio Prates: assumindo o comando da FRGG

Seis meses depois de ser eleita por unanimidade para comandar a Federação Rio-Grandense de Golfe (FRGG) em 2017 e 2018, a chapa capitaneada por Cheng Jiahn Ming, e que tinha Norton Fernandes e Thomaz Guilherme Albornoz Neves como vices, deixou o cargo e foi substituída, em eleição, também por aclamação, feita durante o Aberto de Bagé, no último final de semana. Albornoz Neves já havia deixado a entidade em março passado.

O novo presidente, que irá concluir o ano e meio de mandato restante, é Ricardo Sanvicente Ilha Moreira, tendo como vice-presidentes Hilton Couto e Fabio Prates. Os diretores técnicos são Octavio Villar, que também é vice-presidente da Confederação Brasileira de Golfe (CBG), e Martin Aquino. O novo secretário da FRGG é Paulo Sergio Guedes Pacheco, que integra ainda o Conselho Fiscal Efetivo da CBG. A diretoria financeira ficou com Gabriela Dietrichkeit e a diretora jurídica com Fabiano de Bem da Rocha.

Transparência – Segundo comunicado publicado no site da FRGG, a gestão da nova diretoria será direcionada para os clubes e seus associados, de forma inclusiva e transparente. “Faremos o máximo para responder à altura toda confiança que os clubes nos depositaram e firmaremos um propósito claro: Transparência, Trabalho e Dedicação”, diz Ricardo Ilha Moreira. “A cultura do bom trabalho é que trará os melhores resultado”, conclui o presidente.

Depois de nomear a nova diretoria, o presidente Ilha Moreira, completou. “Serão poucas pessoas, mas com vontade de fazer o golfe gaúcho evoluir ainda mais, através de fomento aos juvenis, projeto novos talentos, participação efetiva da Federação nos clubes (não apenas nos Abertos), aplicação dos critérios técnicos, incentivo aos jogadores, busca de apoios e patrocínios financeiros”.

Retorno – “Os clubes esperam que a Federação dê o retorno e faça valer o investimento que os golfistas fazem mensalmente através do pagamento da taxa federativa”, continuou o presidente da FRGG. “Nos próximos dias iremos delimitando o trabalho de cada um e como iremos aplicar nossas ideias” diz o dirigente. “Quero contar sempre com as ideias de todos para bem decidir os caminhos a tomar e estou e estarei sempre à disposição”.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados