PGA Tour: Woods volta aos Playoffs, mas precisa ficar entre os Top 11 para ir à final.

14/08/2019

Dos 70 jogadores que restaram em campo, apenas 30 irão avançar para o Tour Championship

por | Ricardo Fonseca

Ao abandonar o Northern Trust, na última semana, depois de jogar mal no primeiro dia e voltar a sentir problemas nas costas, Tiger Woods (foto) ficou numa situação delicada nos Playoffs da FedexCup, que prosseguem de quinta a domingo, 15 a 18 de outubro, com a disputa do BMW Championship. Woods ficou entre os 70 primeiros que poderão jogar esta semana, um torneio sem cortes, mas como é apenas o 38º do ranking, terá que terminar até a 11ª colocação para ter chances de defender seu título na semana seguinte, no Tour Championship.

Após o primeiro dos três torneios dos Playoffs, 40 jogadores foram eliminados. Como esses dois primeiros eventos dão pontos em dobro, a previsão feita pelo próprio PGA Tour, é que sejam necessários de 1.280 a 1.365 pontos para estar entre os 30 finalistas da FedexCup. Mas, ressalte-se, é uma previsão apenas, pois há muitas variáveis em jogo para se ter um número exato. Cada jogar depende dos demais.

Pela previsão mais baixa de pontos, 22 jogadores já teriam vaga assegurada no torneio final pois acumularam mais de 1.289 pontos. Isso deixaria ainda 48 jogadores numa “bolha” de classificação pelas últimas oito vagas, incluindo Woods. Na verdade 47, pois Kevin Na, 55º da lista, desistiu de jogar. Desses 47, 31 precisam terminar em décimo ou melhor. Mais uma vez: é apenas uma projeção.

Apuros – A situação mais difícil é de um grupo de nove jogadores classificados do 62º ao 70º lugar, que só podem chegar à final terminando entre os três primeiros nesta semana. Entre eles estão os sul-amerianos Emiliano Grillo, da Argentina, que se classificou em 69º lugar, apesar de ter errado um putt no buraco final, domingo passado, e mostrado o dedo médio para a bola – malcriação eternizada em vídeo que fez grande sucesso na internet – e o chileno Joaquin Niemann, estreante que ficou com o 70º e último lugar.

Há ainda oito jogadores que só se classificariam se chegarem em quarto; e mais quatro, incluindo Jason Day, que demitiu o caddie Steve Williams, ex-Tiger, após o desastre da semana passada, e J.B. Holmes, que precisam terminar entre os Top 5. Difícil também está a vida de Phil Mickelson e Jim Furyk, que precisam de um top 6. Outros notáveis são Jordan Spieth (precisa de um Top 9), Ian Poulter (Top 10), Tiger (Top 11), Hideki Matsuyama e Francesco Molinari (top 15) e Shane Lowry, campeão do The Open (29º).

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados