Profissionais: Rafa Barcellos vence primeira etapa do CBG Pro Tour, em Livramento

15/04/2019

Ele superou o uruguaio Rafael Larreta nos três buracos finais. Amador Andrey Xavier foi o 3ª

Martin Aquino entrega o cheque de campeão profissional a Rafa Barcellos

por | Ricardo Fonseca

O profissional Rafa Barcellos venceu seu segundo torneio consecutivo ao ser campeão do 9º Torneio Internacional de Profissionais – 3º Grande Prêmio Furtado Advogados, válido como primeira das seis etapas já confirmadas do CBG Pro Tour de 2019, disputado dias 13 e 14 de abril, no Clube Campestre, em Santana do Livramento (RS), na divisa com o Uruguai. O torneio reuniu 15 brasileiros e 15 uruguaios, e teve bolsa de R$ 27,4 mil, sendo R$ 4,7 mil para o campeão. A maior parte do prêmio foi bancado pelo patrocinador e completado com o dinheiro das inscrições.

Rafa, que vinha de um título no Aberto de Campinas, jogou 69, duas abaixo do par, na estreia, para sair na frente, empatado com o uruguaio Rafael Larreta e com Andrey Xavier, amador número 1 do Brasil que jogou no torneio profissional, mas sem concorrer aos prêmios em dinheiro. No domingo, Rafa jogou duas abaixo de ida, devolveu ambas as tacadas em dois dos três buracos seguintes, mas fechou o torneio com birdies no 14 e no 17, para ser campeão com 138 (69-69) tacadas, quatro abaixo do par.

Decisão – Larreta esteve empatado com Rafa até o buraco 14, onde ambos fizeram birdies, mas fez bogey no 15 para ficar uma atrás, e novo bogey, contra birdie do brasileiro, no 17, para perder por três e ser vice-campeão com 141 (96-72) tacadas, uma abaixo. Em terceiro, com 142, empataram Andrey (69-73) e o gaúcho Sandro Gonçalves (73-69), que igualou a melhor volta do dia para levar o prêmio de terceiro colocado.

O uruguaio Cristian Villasanti ficou em quinto, com 143, seguido por três jogadores em sexto, com 145: o uruguaio Martin Velazquez e os brasileiros Helio Cacimiro, de São Vicente, que vinha de vitória na etapa do Golf Pro Tour, no PL, e Eduardo Rodrigues, de Porto Alegre. Completaram os Top 10 o cubano radicado em Curitiba Iorkys Cabrera, com 146, e o paulista Caio Barbosa, com 147, que compete com patrocínio da Nework do Brasil, empresa de mini ventiladores industriais.

Investimento – Livramento, assim como Campinas, deram o importante exemplo de colocar os profissionais para jogar junto com seus maiores eventos, valorizando ainda mais a competição e estimulando os amadores de alto rendimento a evoluir. Rafa, por sinal, deixou Livramento impressionado com a qualidade de bons jogadores formados na escola local, a Boa-Bola, incluindo Wesley Gabriel Bairros, jovem revelação local que terminou em 11º com 149 (75-74) tacadas.

O torneio profissional de Livramento integrou um verdadeiro festival de golfe que teve ainda a 9ª Copa Martin Aquino, amadora, e a 3ª etapa Circuito Juvenil Gaúcho. Martin Aquino, organizador do evento, criou um formato único que reúne, desde os iniciantes até os profissionais. Nenhum outro evento da atualidade no Brasil integra na mesma competição todas as categorias do esporte, dos iniciantes aos juvenis do tour gaúcho, dos caddies scratch aos golfistas amadores, e os profissionais.

História – O Campestre, inaugurado em 1917, é o terceiro clube de golfe mais antigo do Brasil. Os mais velhos são o São Paulo Golf Club (1901) e o Santos São Vicente Golf Club (1915). O campo de Livramento foi desenhado por José Maria Gonzalez, pai de Mario Gonzalez, e posteriormente teve alguns greens reformados por Emilio Serra.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados