Rodrigo Lee é vice-campeão em competição de três dias da Minor League Golf, na Flórida

09/07/2020

Profissional brasileiro jogou 13 abaixo em 54 buracos e ficou duas tacadas atrás do campeão

Rodrigo: oito birdies na volta final para ser vice-campeão da rodada e da seletiva de três dias

por | Ricardo Fonseca

Depois de estrear com duas vitórias seguidas na Minor League Golf Tour, da Flórida, nos EUA, o profissional paulista Rodrigo Lee conseguiu mais um resultado expressivo no circuito ao ser vice-campeão de uma competição de três dias que valia, além da premiação independente de cada rodada, um prêmio extra de US$ 1 mil, para pagar a inscrição em uma seletiva de segunda-feira para o Korn Ferry Tour ou PGA Tour. Rodrigo é membro do Korn Ferry Tour, mas pela terceira semana consecutiva ficou como reserva para o torneio da semana.

Rodrigo somou 201 (68-68-65) tacadas, 13 abaixo do par, em rodadas disputadas, respectivamente, no PGA National, na segunda-feira, Abacoa Golf Club, na terça, e Indian Spring Country Club, nesta quarta, 8 de julho. O brasileiro ficou em terceiro lugar na primeira disputa, em quarto na segundo e foi vice-campeão da última. No acumulado valendo a inscrição para o Monday Qualifying, Rodrigo começou a volta final perdendo por uma e apesar de fazer oito birdies, e um bogey, perdeu no acumulado para Sunny Kim, que também fez quatro birdies em cada metade do campo, mas nenhum bogey.

Alternativa – O brasileiro ganhou US$ 453, US$ 604 e US$ 732, respectivamente, nas três rodadas, um total de US$ 2.068 pelos três dias. O extra de US$ de US$ 1 mil ficou para Kim, ganhador do acumulado da semana. Em cinco rodadas da Minor League que já jogou, cada uma valendo como uma competição independente, Rodrigo já ganhou US$ 4.347 em prêmios. Kim, que joga a muito mais tempo no circuito, já acumulou US$ 283.154 em prêmios na Minor League.

Rodrigo tem usado a Minor League para se manter em forma enquanto não consegue voltar ao Korn Ferry Tour. Ele tem chegado perto de conseguir vaga, mas ficou pela terceira semana consecutiva como reserva. Como a concorrência continua grande, com maior procura pelas competições após o recomeço do golfe nos EUA no pós pandemia, o brasileiro pretende disputar alguns Monday Qualifyings nos próximos eventos.

Concorrência – O problema é que a disputa dos Monday Qualifyings para o Korn Ferry Tour nunca esteve tão forte. Veja, por exemplo, o que aconteceu com Steve Allan, profissional local. Na semana passada ele fez oito birdies para jogar 64 tacadas, sem bogeys, e não conseguiu uma das quatro vagas de sua seletiva (como tem muita gente, são jogadas duas chaves a cada segunda-feira). Esta semana Allan fez outro 64, sem bogeys (sete birdies) e ficou novamente de fora, e por duas!

As seletivas desta semana, o TPC San Antonio Challenge Open Qualifier, reuniram 129 jogadores em uma chave e 131 na outra, cada uma delas classificando apenas os quatro primeiros colocado para jogar no Korn Ferry Tour. Em uma delas, classificaram-se três jogadores que jogar 62 (-9) tacadas, e a quarta vaga foi decidida num playoff entre cinco profissionais que marcaram 63. Na outra chave entraram os quatro jogadores que dividiram o primeiro lugar com 63 tacadas. Outros sete jogar 64 e ficaram fora por uma.

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    Você só tem até esta 2ª feira, 3 de junho, para se inscrever no Sul-Americano Sênior

  • Golfe 2016

    PGA Tour: Entenda tudo o que está em jogo para Tiger esta semana, no Memorial


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados