The Players: Tiger Woods chega de bermuda, treina, dá entrevista e garante: “I feel good”

12/03/2019

Ele assegura que pescoço está bem e usa caddie de Justin Thomas como técnico de putts

Tiger de bermuda no TPC Sawgrass. Foto: reprodução Twitter

por | Ricardo Fonseca

A ameaça de Tiger Woods não jogar no The Players Championship, a partir desta quinta-feira, no TPC Sawgrass, em Ponte Vedra Beach, na Flórida foi afastada pelo próprio jogador que apareceu no clube depois do meio dia desta segunda-feira, 11 de março, registrou-se no torneio, almoçou e passou três horas treinando putts, chips e batendo cada um dos tacos da bolsa no driving range e garante que as dores no pescoço que o afastaram do Arnold Palmer Invitational não são mais problemas.

Novidades? Tiger usava uma bermuda cargo da Nike, estilo meio anos 90, digamos, aproveitando a recente liberação de vestiário para voltas de treinos, e trouxe a tiracolo o especialista em putts Matt Killen, de 31 anos, que foi caddie de Justin Thomas em dois torneios este ano e antes carregou a bolsa de JB Holmes, ente outros. Woods não tinha um coach de qualquer tipo desde que deixou Chris Como no final de 2017. Woods e Killen nunca trabalharam juntos antes em um torneio, mas esteve com ele recentemente, na Flórida.

Treino – Nesta terça-feira, 12, Woods vai treinar nove buracos pela manhã – os outros nove ficam para quarta-feira – e depois dar uma entrevista para a imprensa. “Eu não queria pular o Bay Hill”, garante Woods sobre sua ausência no Arnold Palmer, seu torneio favorito, que já venceu oito vezes. “Mas tive que fazer isso (não jogar). Na minha idade (43) não é mais possível jogar com esse tipo de problema (pescoço)”. Ele desistiu do Arnold Palmer na segunda-feira da semana do torneio e só voltou a pegar num taco no sábado. Woods disse que está feliz por voltar aos greens de grama Bermuda, depois dos problemas que teve nos greens de Poa do México. “Está tudo bem. Estou me sentindo bem. Precisava tirar a semana passada de folga”, resume.

No México, Woods fez tratamento para o pescoço antes de cada rodada e usou adesivos medicinais (KT Tape) a caminho de terminar em décimo lugar. Esta semana ele diz que não pretende usar os adesivos. “Vamos ver como me sinto”, diz Woods, que vai jogar as duas primeiras rodadas ao lado de Webb Simpson, que defende o título, e de Patrick Reed, que vai defender o título no Masters, o primeiro major da temporada, no começo de abril. Woods estreou em 2019 com um 20º lugar no Farmers Insurance Open, seguido da 15ª colocação no Genesis Open e do 10º lugar no México. Nessa progressão, um Top 5 está garantido.

 

  • Onde Jogar

    Como chegar. Dicas de hospedagem e alimentação. Preços e serviços

  • Turismo

    WCGC Brasil 2019 tem nova seletiva aberta a todos os golfistas, dia 27 de abril, no Terras de São José

  • Golfe 2016

    Jogos do Rio 2016: seis medalhas para seis países diferentes coroam o sucesso do golfe olímpico


  • Newsletter

    Golfe.esp.br - O Portal Brasileiro do Golfe

    © Copyright 2009 - 2014 Golfe.esp.br. Todos os direitos reservados